Parintins completa 10 dias sem registrar mortes por Covid-19

Foto: Pitter Freitas.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – Nesta quinta-feira, 30, Parintins completou 10 dias sem registrar mortes por Covid-19. O último óbito registrado foi dia 20 de julho quando o município chegou a 98 mortes causadas pela doença. Nas últimas 24 horas, foram registrados 33 novos casos de Covid-19 e 10 pessoas recuperadas. Os dados são dos boletins epidemiológicos divulgados pela Prefeitura.

Conforme o boletim desta quinta-feira, Parintins chegou a 10.280 casos notificados, 6.894 casos descartados, 3.383 casos confirmados, 3.024 pessoas recuperadas, 261 casos sendo tratados, 31 pacientes internados e 1.641 pessoas em monitoramento.

Em reunião feita dia 25 deste mês no Centro do Idoso Pastor Lessa, o Comitê de Enfrentamento ao novo coronavírus de Parintins formado pela Prefeitura, Fundação de Vigilância em Saúde do município, Ministério Público, Defensoria Pública e demais órgãos de segurança, definiu aumentar a flexibilidade de medidas protetivas definidas pelo órgão.

Entre as medidas tomadas estão a permanência do toque de recolher das 22h às 5h, reabertura dos bares até no horário do toque de recolher com 50% da capacidade, disponibilzando álcool em gel e exigindo o uso de máscaras.

Com a diminuição de pessoas internadas no Hospital Jofre Cohen, referência no tratamento da doença no município, a unidade disponibilizou uma ala para atendimento de pessoas não infectadas para também tirar a sobrecarga de atendimento de pacientes no Hospital Padre Colombo.

“As medidas vão mudando conforme vamos tendo diminuição de infectados e óbitos no município. De acordo com os dados da Vigilância, hoje o número de infectados é bem menor que há um mês. Agora a nossa atenção está voltada, também, para a zona rural. Com isso, vamos ampliar o programa Busca Ativa, detectar e tratar os casos com nossos profissionais da saúde”, garantiu o prefeito Bi Garcia.

O prefeito disse ainda que conforme a evolução do controle da pandemia na cidade, a jornada de cirurgias ginecológicas deve ser retomada no mês de setembro.

Com informações da assessoria.

você pode gostar também