“Parintins está no abandono”, declara vereador Maildson Fonseca

O vereador Maildson Fonseca (PSDB) criticou a falha do Governo do Estado do Amazonas por abandonar o município de Parintins, principalmente deixando de investir na área da saúde

Na sessão ordinária desta terça-feira, 31 de maio, o vereador Maildson Fonseca (PSDB) criticou a falha do Governo do Estado do Amazonas por abandonar o município de Parintins, principalmente deixando de investir na área da saúde. Segundo Maildson, o povo de Parintins precisa de atenção e de ações nas mais diversas áreas sociais. Maildson Fonseca também criticou o Executivo Municipal por não disponibilizar pediatras e cardiologistas para atender a demanda dos parintinenses nos Hospitais e Postos de Saúde de Parintins.

“Existe um rapaz que desde a sexta-feira está internado no Hospital Padre Colombo com traumatismo craniano, precisando ir urgentemente para Manaus e receber tratamento especializado. Mas, infelizmente até agora nada foi feito, o Avião UTI não chegou e o rapaz está resistindo, pois quer sobreviver. O Governo do Estado não comprou combustível nem pagou a empresa que faz o translado até o dia de hoje, ou seja, esse rapaz a qualquer momento vai falecer, por causa do abandono que o Governador do Estado do Amazonas está fazendo em nosso município. Isso é uma falta de respeito muito grande”, discorreu Fonseca.

No entanto, o parlamentar agradeceu o empenho e seriedade dos funcionários do Hospital Padre Colombo, pois mesmo em meio as dificuldades executam um trabalho de excelência. “O hospital está fazendo a sua parte. Dessa forma, concluímos que o Padre Colombo está de parabéns nas suas atitudes, no entanto o Governo do Estado está falhando e abandonando a saúde e a educação”, afirmou.

O vereador Maildson Fonseca também enfatizou que a Prefeitura Municipal de Parintins não está investindo em melhorias no setor da saúde na Ilha Tupinambarana. “Lamentamos saber que Parintins, que outrora tinha quatro pediatras, hoje não tem nenhum. Crianças que estão nascendo necessitando de avaliações estão sendo encaminhadas para Manaus, mas não tem mais o Avião UTI. O prefeito está sendo irresponsável quando afirma que Parintins tem 40 médicos. Não temos nenhum pediatra, nenhum cardiologista. Parintins está no abandono”, concluiu.

Por: Mayara Carneiro

você pode gostar também