Parintins recebe expedições luxuosas de cruzeiros franceses

Com capacidade para 180 hóspedes, o Le Champlain é o segundo de seis novos navios de pequeno porte, da companhia Ponant, a oferecer cruzeiros de expedição luxuosos, ao redor do mundo. Nesta terça-feira, 04/12, os passageiros desembarcaram em Parintins, a Capital Nacional do Boi-Bumbá, de Caprichoso e Garantido, reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil.

Parintins é um dos 10 destinos da companhia de cruzeiros francesa, em uma breve temporada no Amazonas durante a estação 2018/2019, entre Manaus e Caiena, Guiana Francesa. Na primeira temporada fora do continente europeu, o Le Champlain, segundo navio da classe Explorer, antes de chegar na capital do Amazonas,  passa por  Belém, Abacate, Guajará, Curua-Una, Santarém, Alter do Chão, Parintins, Botos, Silves e llha Ituquara.

Os cruzeiros, com passagem pelo Brasil, acontecem em novembro, dezembro e março, enquanto os outros destinos são visitados em outros meses. Com 12 noites, são classificados como ‘expedições de luxo’ e incluem paradas em 10 destinos no Amazonas e no Pará. A embarcação navegará também no Caribe e no rio Orinoco, com cruzeiros a partir de Fort-de-France, em Martinique.

Navio de companhia francesa, Le Champlain faz expedição de luxo e Parintins é um dos 10 destinos da breve temporada no Amazonas 2018/2019. (Foto/Gerlean Brasil)

Escalas

Algumas das escalas serão ‘landings’, típicas dos cruzeiros de expedição. Neste tipo de operação, o navio fundeia próximo ao destino, enquanto os passageiros são transportados até a terra em pequenos barcos chamados ‘zodiacs’. De borracha, estes barcos têm capacidade para cerca de 20 passageiros e não necessitam de píer para atracar. Com seu formato, são projetados para deixar os passageiros diretamente em praias ou zona litorâneas naturais similares.

Anteriormente, a Princess Cruises e a AIDA chegaram a realizar temporadas na Amazônia de forma semelhante. Com cruzeiros dedicados ao mercado internacional, os navios destas companhias navegavam entre o Caribe e Manaus em 14 noites. Atualmente, no entanto, nenhuma companhia realiza a rota regularmente.

Entre Manaus e Caiena, Guiana Francesa, Le Champlain passa por Belém, Abacate, Guajará, Curua-Una, Santarém, Parintins, Alter do Chão, Botos, Silves e lha Ituquara. (Foto/Gerlean Brasil)

Cruzeiros Ponant

Os navios foram batizados em homenagem a exploradores franceses. O primeiro a entrar em operação é o Le Laperouse, já no próximo mês. Após o Champlain, entram também em operação o Bougainville e o Dumont d’Orville em 2019. Já em 2020, entra em serviço o Bellot, bem como o Surville.

De acordo com a Ponant, os navios foram projetados para conectar os hóspedes com a natureza, enquanto também oferecem uma experiência de luxo a bordo. O grande destaque dos interiores é um lounge localizado a baixo da linha d’água, que conta com janelas subaquáticas para observação da vida marinha. Cada navio dessa classe  tem capacidade para 180 passageiros e cerca de 10,000 toneladas.

Com 12 noites, navio conecta os hóspedes com a natureza, enquanto também oferecem uma experiência de luxo à bordo. (Foto/Divulgação)
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here