Passageiros do Coronel Tavares 12 chegam a Parintins cinco horas depois do acidente

Um grupo de 60 passageiros que foram resgatados do naufrágio do barco Coronel Tavares 12 chegou ao porto da empresa Santa Rosa, em Parintins às 21h:40min, desta sexta-feira, 29 de julho, cerca de cinco horas depois do acidente. No desembarque muitas crianças, adultos, homens e mulheres idosas não esconderam a emoção de retornar para casa, reencontrar os familiares e saber que o drama ficou para trás. Os responsáveis pela lancha Águia Dourada, que conduziu os passageiros para Parintins, disseram que as outras pessoas, cerca de trinta passageiros, preferiram seguir para Manaus.

Os militares da Capitania dos Portos de Parintins e familiares dos passageiros auxiliaram as pessoas que emocionadas deixavam a lancha em que foram transportadas até Parintins. De acordo com informações da enfermeira do Coronel Tavares, Silvana de Fátima Farias dos Anjos, cerca de 80 passageiros estavam a bordo da embarcação.

“Tínhamos acabado de servir o jantar quando aconteceu o acidente. Conseguimos descer os botes, veio os comunitários com as voadeiras e ajudaram a gente. Pedimos para todos colocarem os coletes salva-vidas e todos foram levados para a margem”, relatou.

Silvana de Fátima informou que todos os esforços foram feitos para tentar levar o barco para uma área mais rasa, uma vez que no local onde o barco afundou, segundo ela, tinha 32 metros de fundura. “Os tripulantes nadaram para puxar o barco pela corda, mas a correnteza estava forte”, ressaltou.

A enfermeira disse que no momento da colisão com o tronco de madeira, possivelmente a hélice quebrou porque o barco parou de se movimentar, “Nossa preocupação foi salvar as pessoas. A coisa mais preciosa é a vida e todos saíram com vida”, disse. A embarcação tem capacidade para 256 passageiros, de acordo com Silvana.

O senhor Lino Garcia dos Santos, contou que na hora do acidente ele estava sentado na proa do Coronel Tavares. “O baque foi muito forte. Na hora que bateu, o barco subiu e depois arriou, só não dava pra ver o que era, foi uma coisa rápida”, relatou.

O Coronel Tavares 12 foi à pique próximo a Urucurituba por volta das 17h de sexta-feira, 29 de julho, na região conhecida como Paraná das Garças. O barco seguia de Parintins para Manaus. Segundo informações, houve perda apenas de materiais e ninguém saiu machucado.  O barco saiu do cais do porto de Parintins por volta de 8h da manhã.

A Capitania dos Portos de Parintins foi comunicada sobre o corrido e imediatamente providenciou o transporte dos passageiros para Parintins. Uma guarnição do Corpo de Bombeiros de Itacoatiara se deslocou em seguida ao local da ocorrência  e prestou os atendimentos necessários.

Marcondes Maciel | Repórter Parintins

você pode gostar também