-Publi-A-

Pelo menos dez mortos e outros tantos reféns em ataque do Boko Haram

emboscada surge várias semanas depois de a administração da petrolífera nacional da Nigéria ter anunciado que iria recomeçar a exploração de petróleo à volta do lago Chad, no seguimento das garantias dadas pelas Forças Armadas da Nigéria de que a situação de segurança tinha melhorado na área que já esteve sob controlo do Boko Haram.

Um responsável de uma associação de caçadores da zona disse que vários membros da associação testemunharam parte do ataque: “O que posso garantir com confiança é que os rebeldes chegaram em veículos novos e estavam vestidos de alto a baixo com uniformes militares”, disse Bunu Bakar à AP.

Os atos terroristas lançados pelo Boko Haram nos últimos oito anos já mataram mais de 20 mil pessoas e continuam a acontecer apesar de o Governo ter garantido, no final do ano passado, que os extremistas tinham sido “esmagados”.

Da Agência Lusa

você pode gostar também