PF deflagra operação contra organização criminosa que atua no tráfico de drogas em Roraima

A Força-Tarefa de Segurança Pública de Roraima, integrada pelas Polícias Federal, Civil e Penal, deflagrou na manhã desta terça-feira (21) a operação Odisseu com objetivo de combater uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas em vários estados do Brasil.

A operação, deflagrada de forma simultânea em Roraima, Amazonas, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, contou com mais de 170 policiais.

De acordo com a PF, foram cumpridos 96 mandados no país. Destes, 41 são de prisão preventiva, 29 de busca e apreensão e 26 de sequestro de bens. Além disso, seis mandados também foram cumpridos em presídios de Roraima (3), Rio Grande do Sul (1), Paraná (1) e Amazonas (1).

As investigações começaram em 2019 quando as apreensões de skunk se intensificaram em Roraima. O levantamento apontou para um único fornecedor, principal suspeito da distribuição das drogas.

Com o avanço das investigações, os policiais descobriram que o suspeito também traficava cocaína e era chefe de uma organização criminosa responsável pelo transporte de grandes quantidades de drogas.

Os entorpecentes eram oriundos de municípios fronteiriços como Pacaraima, no Norte de Roraima e São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. As drogas eram enviadas aos estados das regiões Sul e Sudeste.

O grupo também contava com uma “estrutura logística de envergadura”, caracterizada pelo uso de veículos de passeio e carretas com fundos falsos para o acondicionamento da droga, permitindo o transporte de quantidades que variavam de 25 até 500 kg de drogas.

 

Com informações do g1

você pode gostar também