Plano de Educação Ambiental de Parintins é aprovado com diretrizes e projetos para o quadriênio 2022-2025

Foto: Peta Cid.

O Conselho Municipal de Desenvolvimento e Controle Ambiental (COMDCAM) aprovou nesta quarta-feira (27), o Plano Municipal de Educação Ambiental do Município de Parintins que vai nortear as políticas públicas de Educação Ambiental desenvolvidas no quadriênio 2022-2025 e tornar sua prática institucional.

Na reunião presidida pelo subsecretário da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente, Alzenilson Aquino, os membros do COMDCAM referendaram o documento que apresenta diretrizes, programas, projetos e ações que vão garantir a qualidade de vida e um ambiente ecologicamente saudável e equilibrado à população do município.

O prefeito Bi Garcia tem apoiado as iniciativas que tratam da formulação e implantação da política ambiental e as ações desenvolvidas pela Sedema com o apoio de instituições de ensino e Governo do Estado do Amazonas.

O Plano define os desafios que estão reservados aos gestores públicos e às lideranças da sociedade civil diante do atual contexto socioambiental da cidade de Parintins, que deve ser rediscutido quanto à ocupação e uso do solo, e quais medidas devem ser tomadas para preservar a natureza e deixá-la menos vulnerável.

“Esse é um instrumento que vai nortear toadas as ações a serem desenvolvidas em Parintins por meio de projetos e programas. Vamos encaminhar à Procuradoria do Município para que seja regulamentado”, comemora Alzenilson Aquino.

Em seu conteúdo, o Plano explana que Parintins expandiu-se territorialmente, margens dos rios e áreas das bacias das lagoas, lagos e igarapés foram urbanizadas, bem como áreas de extravasamento das águas também ocupadas, gerando prejuízos à comunidade e aos recursos hídricos que passaram a receber resíduos e efluentes, contribuindo com a degradação ambiental e social.

Ações importantes serão desenvolvidas com apoio das organizações e principalmente das escolas para mudar essa realidade como fomentar e viabilizar ações socioeducativas nas Unidades de Conservação, parques e outras áreas verdes, destinadas à conservação ambiental para diferentes públicos, respeitando as potencialidades de cada área.
Promover a Educação Ambiental em todos os níveis de ensino de forma transversal e o engajamento da sociedade na conservação, recuperação e melhoria do meio ambiente, além de fortalecer as atividades de educação ambiental em todas as esferas de governo Federal, Estadual, Municipal e não governamental, estão nas propostas.

O Conselho também definiu que a coleta seletiva será ampliada com um projeto para atuar no comércio de Parintins e nos bairros da cidade. Um projeto piloto será executado no bairro São Vicente e posteriormente levado a todas as áreas da cidade.

Outro programa importante dá atenção ao risco aviário com ações permanentes, preventivas, monitoramentos e controle de aves que possam gerar riscos às operações aéreas no município de Parintins. Para isso o Plano prevê ações como identificação das espécies, aspectos e fatores atrativos de aves, realização de censo populacional das espécies, palestras e mobilização social, capacitação e formação de multiplicadores ambientais e campanhas educativas.

você pode gostar também