Polícia apura morte de comerciante com arma de fogo caseira no Zé Açú

A Polícia Civil de Parintins investiga o homicídio do comerciante, Mayron de Almeida Silva, 30 anos, natural de Manaus, ocorrido na comunidade Boa Esperança, no Zé Açú, por volta das 20h de sexta-feira, 30 de novembro. A vítima sofreu um tiro de arma de fogo caseira nas costas, enquanto atendia dois clientes dentro do pequeno comércio varejista. O disparo atingiu o pulmão e coração. Mayron Silva morava há cinco anos na comunidade com a esposa Alessandra Tavares Lima e mais dois filhos, um menino de 11 anos e uma menina de 09 anos.

Conforme testemunhas, o suspeito apontado como autor do disparo é Naziano Muniz Filho, conhecido como Cheiro, morador da comunidade Bom Socorro do Zé Açú. Mayron Silva morreu antes de chegar ao posto de saúde da comunidade Bom Socorro do Zé Açú, conduzido pelos cunhados Moisés Tavares Costa e Raimundo Guilherme Guimarães Neto, de onde seria levado em ambulancha ao Hospital Regional Jofre Cohen, na sede de Parintins.

Intimidações

Mayron Silva se queixava de ser ameaçado de morte, após socorrer um outro comerciante, vítima de furto na comunidade, há cerca de quatro meses. Os suspeitos começaram a intimidar as pessoas e familiares de quem tentou ajudar o comerciante. As ameaças foram registradas na Delegacia de Polícia Civil. Quem também ameaçava Mayron Silva era Joanderson, conhecido como Juca, um dos envolvidos no furto ao comerciante.

Em novembro de 2016, Mayron Silva perdeu o braço direito, depois de sofrer golpes de terçado. Na época, o suspeito da tentativa de homicídio, Naziano Filho, não chegou a ser preso para responder pelo crime. De acordo com testemunhas, Cheiro e, inclusive mais dois irmãos, começaram a intimidar Mayron Silva, que se sentia acuado, junto com os familiares, ao ponto de evitar sair da comunidade Boa Esperança do Zé Açú, nem andar de barco para Parintins. Também evitava frequentar eventos comunitários e esportivos, por ter temer pela vida.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here