Polícia Civil deflagra ação e realiza a maior apreensão de drogas em via terrestre da história do Amazonas

Uma operação desencadeada na tarde de terça-feira (25/08), por volta das 17h40, pelas equipes policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), com o apoio da Receita Federal, resultou na apreensão de mais de 1 tonelada de maconha do tipo skunk, avaliada em R$ 15 milhões, sendo a maior quantidade de drogas apreendida, em via terrestre, da história do Amazonas. A ação policial ocorreu na avenida Torquato Tapajós, bairro da Paz, zona centro-oeste de Manaus.

Sob o comando do secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, e da delegada-geral da Polícia Civil do Amazonas, Emília Ferraz, a operação foi coordenada pelo delegado Rafael Allemand, diretor do Departamento.

Segundo Bonates, a mercadoria ilícita foi encontrada no interior de um caminhão-baú que estava estacionado nas proximidades do pátio de uma empresa, situada no endereço mencionado. “As investigações, para averiguar a ocorrência tiveram início depois que a equipe do DRCO obteve informações acerca desse veículo suspeito. Durante a inspeção no mesmo, os agentes encontraram uma enorme quantidade de entorpecentes”, disse o secretário.

Conforme explicou a delegada-geral, os fardos de drogas dentro do caminhão totalizaram cerca 1 tonelada de maconha do tipo skunk. “Trata-se da maior apreensão de drogas já realizada por este departamento, bem como, a maior já realizada em via terrestre, em toda a história do Amazonas”, afirmou Ferraz.

Investigação – Segundo o delegado Allemand, responsável pelas diligências que culminaram na apreensão da carga ilícita, as apurações em torno do caso duraram mais de 48 horas. Após receberem informações, as equipes trabalharam para localizar o caminhão e impedir que as drogas fossem escoadas para outros estados brasileiros.

“Averiguações realizadas pelas nossas equipes indicam que o material não ficaria por muito tempo no Amazonas, e seria encaminhado para outras regiões do país. Entretanto, nós conseguimos lograr êxito na apreensão dessa carga ilícita, o que representa um grande revés para o mercado de narcóticos”, explicou o diretor do DRCO.

Allemand informou ainda que, na ocasião da ação policial, o motorista do veículo não foi encontrado. Diante disso, as investigações em torno do caso seguem em andamento, a fim de localizar todos os responsáveis pelo transporte e comércio da mercadoria de entorpecentes.

você pode gostar também