Polícia Civil deflagra operação ‘Impacto’ em Eirunepé

Ao longo do último final de semana (10 e 11/10), a Polícia Civil do Amazonas (PCAM), por meio das equipes de investigação da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros em linha reta da capital), deflagrou a operação ‘Impacto’, que teve por objetivo combater a violência e a criminalidade naquele município.

A ação policial foi coordenada pelo investigador Gonzaga Júnior, gestor da DIP, e contou com o apoio da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) e da Guarda Municipal. Na ocasião, segundo o gestor da DIP, a operação contou com um efetivo de 35 profissionais da segurança pública do município, que realizaram abordagens em zonas da cidade consideradas como áreas perigosas.

De acordo com o gestor, a ação resultou nas prisões de dois indivíduos e na apreensão de um adolescente de 16 anos, além das apreensões de quatro motocicletas, um carro e um caminhão. As duas pessoas presas e o adolescente apreendido foram encaminhados à DIP para prestarem esclarecimentos.

“A primeira fase da operação ‘Impacto’ foi bastante positiva para o combate aos crimes em Eirunepé. A segunda fase já está em planejamento, ainda para este mês, tendo em vista que este é um município com alto índice de homicídios e tentativas de homicídios”, explicou Gonzaga.

Procedimentos – Os veículos apreendidos na operação foram levados para a delegacia, onde passaram pela perícia e procedimentos cabíveis. Ao término das diligências, eles ficarão à disposição da Justiça. Após oitivas, os dois indivíduos foram liberados e irão responder em liberdade pelo crime de lesão corporal. Já o adolescente irá responder pelo ato infracional análogo ao crime de furto e está sob responsabilidade do Conselho Tutelar.

você pode gostar também