Polícia Federal apreende 10 toneladas de pirarucu irregular no Porto de Manaus

Duas pessoas foram presas em flagrante pelo transporte e posse do produto. Pesca da espécie só pode ser feita em áreas determinadas pelo Ibama.

A Polícia Federal apreendeu 10 toneladas de pirarucu, nesta quinta-feira (8), em uma embarcação no Porto de Manaus. Duas pessoas foram presas em flagrante pelo transporte e posse do produto ilegal, já que a pesca é proibida o ano todo devido à ameaça de extinção.

A pesca de pirarucu só pode ser feita em áreas determinadas pelo Ibama, como locais de manejo com considerável quantidade de pirarucu em relação ao número de indivíduos adultos daquela região.

Segundo a PF, as prisões ocorreram após fiscalização a embarcações no porto, que contou com a cooperação da Receita Federal. Além da mercadoria, a embarcação também foi apreendida.

Os presos foram conduzidos à sede da PF, onde foi instaurado inquérito policial mediante auto de prisão em flagrante pelos crimes de pesca proibida e receptação qualificada, por adquirir coisa que sabe ou deveria saber ser produto de crime.

Pesca da espécie só pode ser feita em áreas determinadas pelo Ibama. — Foto: Divulgação/PF
Pesca da espécie só pode ser feita em áreas determinadas pelo Ibama. — Foto: Divulgação/PF

A carga vai ser analisada no laboratório de isótopos estáveis da Superintendência da Polícia Federal do Amazonas para descobrir a real origem do pescado. A PF vai solicitar do perdimento dos bens, com base na lei n° 9605/98 e a jurisprudência do STJ.

As 10 toneladas de pirarucu apreendidas pela PF serão destinadas a instituições sociais do Amazonas.

você pode gostar também