Policiais militares do 11° BPM passam a atuar com radiocomunicação

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Os policiais militares do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus) passam agora a atuar com rádio de comunicação. Esta medida faz parte da segunda etapa do Programa Vigia do governo federal implantado no município.

Os equipamentos foram adquiridos através da parceria entre a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e devem funcionar de forma integrada entre as três forças de segurança, a Polícia Militar, Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros.

De acordo com o comandante do 11° BPM, o tenente-coronel Corrêa Júnior, o equipamento de última geração evita falhas e ruídos, principalmente na comunicação entre viaturas, promovendo assim uma grande melhoria na conversação entre os agentes de segurança. “Essa de rede rádio é totalmente digital e hoje já está montada a primeira parte dela na cidade de Parintins que por ser digital atinge 40 km de extensão. Então todas as comunidades circunvizinhas serão atendidas por essa rede de rádio, mas o projeto é maior. Nós queremos ampliar a rede de rádio, fechar todo o Baixo Amazonas colocando repetidoras em antenas e daí sim fazer um ciclo em todo Baixo Amazonas, inclusive chegando a nos comunicar diretamente com Manaus”, disse o comandante.

Corrêa Júnior disse ainda que o próximo passo é melhorar o serviço de telefonia. “Eu queria até deixar claro para a população que o problema não está no número 190. Ele funciona, o problema é ele estar na telefonia geral, o que não é uma surpresa porque nós temos um problema de telefonia muito grande. Então com certeza afeta os serviços pelo 190. O próximo passo é trabalhar para o sistema telefônico para que a população entre em contato conosco. Nós temos o 190 e o linha direta, mas ambos dependem do sistema telefônico da cidade que infelizmente não é um sistema que podemos confiar a todo momento, mas fora isso nosso sistema de radiocomunicação totalmente digitalizado nos permite ter uma facilidade muito grande de nos comunicarmos entre as viaturas e com certeza prestar um serviço melhor de segurança para a sociedade parintinense”, destacou Corrêa Júnior.

você pode gostar também