População de Barreirinha prestigia projeto Feira Livre do Produtor Rural

Mais de 60 feirantes, entre agricultores, artistas plásticos, artesãos e demais expositores, estiveram comercializando produtos para a população de Barreirinha (distante 331 km de Manaus), na segunda edição deste ano da Feira Livre do Produtor Rural, um evento que é organizado pela Prefeitura de Barreirinha, com apoio de secretarias municipais e do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror) e Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS).

Nesta edição da Feira, o local escolhido foi a Quadra pertencente a Paróquia de Barreirinha, uma vez que a área externa do Porto Hidroviário está afetada pela subida das águas do Paraná do Ramos. A Secretaria de Produção e Abastecimento (Sempa), adotou todos os protocolos sanitários devido a pandemia de coronavírus, com distribuição de álcool em gel, obrigatoriedade no uso de máscaras e distanciamento social.

Uma variedade de produtos orgânicos, derivados da mandioca, hortaliças, artigos de artesanatos, plantas ornamentais e medicinais, entre outros itens foram adquiridos em questão de horas, deixando os feirantes contentes pelo sucesso nas vendas. O prefeito de Barreirinha, Glenio Seixas, acompanhado do vice-prefeito, Ridson Barbosa e demais secretários municipais prestigiaram a Feira desde as primeiras horas do dia.

“As dificuldades impostas pela cheia dos rios e a pandemia não fez o produtor e o feirante aqui presente esmorecer, pois a vontade de fazer valer seu trabalho é maior e isso gera a movimentação na economia, promovendo renda e empregos no município. Estamos nos reinventando e propondo ampliar esse espaço para que mais pessoas participem”, frisou.

Para a vendedora de plantas, Rosivana Pessoa, o projeto tornou uma fonte de renda para o sustento da família. Ela conta que não perde uma edição da Feira e está presente desde os primeiros eventos. “Graças a Deus e ao apoio que a Prefeitura nos dá estamos tendo oportunidade de vender nossos produtos, com preço mais em conta e de grande quantidade, isso chama os clientes que compram e saem daqui satisfeitos”, afirma.

De acordo com dados da Sempa, a Feira Livre do Produtor Rural injeta na economia de Barreirinha em média, 60 mil reais. Um incentivo para a maioria das famílias de baixa renda, que estão situadas nas comunidades rurais do município.

você pode gostar também