Por 12 votos a 6, processo de impeachment de Wilson Lima e vice é arquivado na Assembleia Legislativa

Denúncia por crime de responsabilidade contra governantes foi arquivada oficialmente, nesta quinta-feira (6).

O processo que pede impeachment do governador Wilson Lima (PSC), e do vice, Carlos Almeida (PTR), foi arquivado oficialmente na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam). Em sessão nesta quinta-feira (6), 12 deputados votaram a favor do arquivamento, e 6 votaram contra.

O pedido foi ingressado pelo Sindicato dos Médicos, em abril deste ano, que denunciou os governantes de terem cometido crime de responsabilidade. O governador do Estado havia apresentado o pedido de arquivamento do impeachment no dia 23 de julho.

Na última sexta-feira (31), a maioria dos deputados da comissão especial já havia votado a favor do parecer do relator, deputado Dr. Gomes (PSC), que pede arquivamento da denúncia, mas deputados de oposição reclamaram que houve pressa em aprovar o relatório. Nesta quinta, houve uma nova votação envolvendo todos os parlamentares, onde representantes de partidos e blocos políticos tiveram 20 minutos para comentar o relatório.

Votaram pelo arquivamento da denúncia os deputados:

  • Belarmino Lins (PP)
  • Alessandra Campelo (MDB)
  • Saullo Vianna (PTB)
  • Therezinha Ruiz (PSDB)
  • Cabo Maciel (PL)
  • Carlinhos Bessa (PV)
  • Joana Darc (PL)
  • Roberto Cidade (PV)
  • Abdala Fraxe (Podemos)
  • Adjuto Afonso (PDT)
  • Augusto Ferraz (DEM)
  • Doutor Gomes (PSC)

Votaram contra o arquivamento da denúncia os deputados:

    • Serafim Corrêa (PSB)
    • Delegado Péricles (PSL)
    • Wilker Barreto (Podemos)
    • Álvaro Campelo (Progressistas)
    • Josué Neto (PRTB)
    • Dermilson Chagas (Podemos)

 

  • Abstenções:
  • Sinésio Campos (PT)
  • Felipe Souza (Patriotas)
  • Fausto Júnior (PRTB)
  • João Luiz (Republicanos)
  • Ricardo Nicolau (PSD)

O governador Wilson Lima declarou, por meio de nota, que o processo de votação que resultou no arquivamento do pedido de impeachment na Aleam “fortalece a democracia e demonstra que o que devem prevalecer são as leis do Estado e do País”.

Com informações do 1

você pode gostar também