-Publi-A-

Por amor aos bois cantor roraimense se lança em live em Manaus

Kamaikuá – o pôr do sol da toada, vai reunir grandes nomes para celebrar e receber o artista no cenário manauara. Desde pequeno o cantor já era movido pela cultura e a música, agora será a vez embalar as pessoas com as canções que movem a energia dos bois.

Próximo dia 25 (sábado), Manaus ganha mais um cantor. Dessa vez a voz que ecoa vem da tríplice fronteira Brasil/Venezula/Guiana, que se dedicará à toada amazonense. O evento Kamaikuá ocorrerá no Espaço Kananciuê Restaurante, na Morada do Sol, Aleixo, a partir das 17h00. Grandes nomes passarão por lá para cantar com o novo nome, o príncipe da toada Dennis Martins. Nomes consagrados como: Mara Lima (cantora Caprichoso), Márcia Siqueira (cantora do Garantido), Vanessa Alfaia, Wilson Nobre, Canto da Mata, Ianayra – índia branca.

Muitas toadas que fizeram história no Garantido e Caprichoso fazem parte do repertório do projeto musical idealizado pelo cantor e jornalista Dennis Martins, como as canções antológicas de ambos os bois. No repertório, músicas de David Assayag, Arlindo Junior, Klinger Araújo, entre outros.

De acordo com o cantor, a música é capaz de transportar pessoas para um lugar de paz e energia. E por isso decidiu transpassar os limites estaduais e ajudar a movimentar a toada no berço da criação musical, terra também onde nasceu.

“Acho que está no meu DNA, porque meu tio cantava, e meus primos cantavam, é algo de família. Meu avô me levava quando pequeno para ver e ouvir o boi de rua de Manaus, mesmo no extremo Norte, lá em Roraima, onde já moro um longo tempo, é possível mergulhar na cultura do Amazonas e cantar a arte por nossas terras Macuxi e perpassar as fronteiras também”, celebrou.

Segundo Martins chegar a Manaus é um sonho de muito tempo e que terá poio de amigos como Wellington Monteiro, Wilson Nobre, empresário Ednailson Rosenha e Jandira Negreiros do Laboratório Hemolab em Boa Vista que sempre acredita em projetos culturais desse porte. Outros apoiadores culturais são David Mascarelhas (artesão ganhador de muitos prêmios em Roraima) e o artista Leonardo Brandão, de Manaus.

“Um dos próximos passos é gravar músicas de artistas consagrados como Rafael Lacerda, Helen Veras e outros poetas que são apaixonados pela Amazônia. Em breve teremos novidades, estamos em acertos para feats com Márcia Siqueira, Mara Lima e Vanessa Alfaia. Elas estarão no Kamaikuá com as vozes marcantes, será uma honra participar com elas”, comemorou.

A Toada do Extremo Norte – Um novo capítulo começa a ser escrito na história do jornalista Dennis Martins. Agora além da vida diária da notícia, Martins se dedica ao que chama de Projeto de Renascença da Toada em Roraima. Ele, mais sete dançarinos do Bailado Real e a Banda Tamurá composta por músicos respeitados da capital Boa Vista, reescrevem o movimento das toadas dos bois da Ilha de Parintins e de grandes nomes da cidade de Manaus.

O cantor, juntamente com o Bailado Real, já dividiu palco com grandes nomes como Klinger Araújo, David Assayag, Canto da Mata, Márcia Siqueira, Mara Lima, Patrick Araújo e Arlindo Neto. O mais recente trabalho está focado no lançamento oficial na Live Kamaikuá – Pôr do Sol da Toada que vai movimentar Manaus e as redes de todas na internet com a transmissão próximo 25 de setembro. O evento ocorrerá no Kananciuê Restaurante, bairro Aleixo, a partir das 17h.

O que é Ocara Kamaikuá? – Na língua tupi-guarani quer dizer Pôr do Sol, por isso a palavra foi escolhida para simbolizar o fim de tarde de despedida do sol para o encontrar com a lua manauara ao som da toada dos bois.

LIVE MUSICAL:

Data: 25 de setembro
Hora: 17h00
O que?: Kamaikuá – Pôr do Sol da Toada
Onde: Kananciuê Restaurante (Rua Alzira Daou, n. 22, Morada do Sol – Aleixo

você pode gostar também