Por Nárnia: quem será o próximo?

Por Nárnia!

Grandes são os rebuceteios tribais e maiores ainda são os segredos que os envolvem.  Em um transe na imaginação o cretino colunista, literalmente de segunda, fora arrebatado para um mundo habitado por criaturas híbridas – metade homem e metade peixe: os Hoplias malabaricus bovinus ou na língua nativa as “Traíras Bovinas”. Tais criaturas fazem do mundo bovino, porém, cão dividido entre azul e vermelho muito mais cão do que bovino, cujas histórias de seus bastidores são mais cabeludas que as costas do Tony Ramos ou a “xereca” da Cláudia Ohana. Ao retornar para o velho mundo bumbalesco de criaturas humanas ditas “normais”, o cretino colunista sentiu deveras saudades do mundo das híbridas criaturas, pois lá, sabe-se quem é quem logo de cara: a metade peixe é visível a olho nu. Acabou cretino? Não! Quem será a próxima vítima em terras azuladas?

ouvido

JÉSSICA

A “Pequena Notável”, Jéssica Tavares, rebuceteou o mundo bovino, porém, cão ao anunciar o seu desligamento da função de porta-estandarte do Boi Caprichoso. A guardiã do pavilhão azul e branco alegou questões pessoais como o foco nos estudos, a intenção de morar fora, a busca de novos sonhos e o desejo de trilhar novos caminhos contrários a sua condição de item. Em sua carta de desligamento, a jovem que passou apenas 01 (um) ano na função agradeceu à nação azulada pelo apoio e carinho recebido, afirmando que sua a decisão não deu-se por questões internas e, sim, por sua vontade própria.

JÉSSICA II

A parintinense de 18 anos foi eleita, aos 16, a nova porta-estandarte do Boi Caprichoso em 1º de novembro de 2014 em concurso realizado no hotel Amazon River em Parintins. Disputando com outras quatro finalistas obteve notas superiores às suas rivais e  a menina que foi item mirim viu seu sonho tornar-se realidade ao ser “ungida” a defensora das cores do Boi da Estrela, cuja máxima missão é ostentar o pavilhão azulado, herança cultural de Roque Cid, o primeiro. A desconhecida cunhatã, de “Gata Borralheira” transformou-se em “Cinderela” cujo baile real aconteceu na 1º noite do festival de 2015.

JÉSSICA III

O cretino colunista publicou no mês de janeiro deste ano, nas “rapidinhas”, que um item azulado corria perigo devido a uma relação extraconjugal. Lembram? Eis, o resultado! Jéssica foi miríades fiel ao boi ao sair [em tempo  hábil] sem revelar os bastidores de sua decisão. Por que quem, em sã consciência, acredita que uma menina que sonhou e lutou tanto para ser item, que recentemente mudou seu biotipo (procedimentos cirúrgicos) para se adequar ao padrão de “item feminino” contentaria-se em ficar apenas 01 (um) ano, desistindo do seu sonho da noite para o dia?. A nota de desligamento da “Pequena Notável” fala muito e não explica, convincentemente, quase nada. Cada vírgula do texto, pode esconder por atrás uma história sórdida que envolve traições, conluios e chantagens.   papo

RUMORES

Nas férias do cretino colunista, literalmente, de segunda no final do ano passado [2015] fortes eram os rumores entre os amigos mais próximos de Jéssica de que havia uma corrente dentro do Boi Caprichoso que defendia/sugeria a substituição da “Pequena Notável” por motivos nada ortodoxos. Falava-se de  um influente “cacique” azulado que prometera para ao seu mais novo affair – umas das participantes do concurso vencido por Jéssica – que o mesmo seria item em 2016. Na festa aniversário/noivado da cunhã-poranga Maria Azêdo, o cretino colunista ouviu em uma das mesas o seguinte comentário sobre o assunto: “Não é dito nada abertamente. Mas, as conversas, nesse sentindo, prosseguem sob forte pressão”.

RUMORES II

Na balada de fim de ano, a “Favela Chique”, realizada no DuPreto Eventos, um desses amigos, da mais alta confiança da ex porta-estandarte, confidenciou ao cretino colunista que a razão a ser adotada por esta corrente influenciada pela análise do modus operandi que instalou-se na Francesa seria a de que a escolhida no  concurso de 2014 não possuía um perfil favorável para obter bons resultados na arena. Em outras palavras, Jéssica seria pequena e esmirrada demais para competir com sua  rival que possuía perfil de mulherão, enquanto, a mesma possuía perfil de menina/cunhatã. Mas, tal razão exporia o C. A a uma situação constrangedora, o que causava forte resistência à ideia.

SEM SAÍDA

Diferentemente de sua antecessora, Rayssa Tupinambá, Jéssica não possuí maturidade suficiente para lidar com essa investida/pressão (interna/externa) e o pior: não possuía um nome forte que se levantasse em sua defesa. As investidas, ainda que veladas, foram tornando-se cada vez mais fortes. A constante pressão dentro das paredes da Gomes de Castro não poderiam resultar em outra coisa que não a solução encontrada pela jovem: pedir pra sair. Ou seja, Jéssica não tinha outra alternativa, mas, ao não revelar o “real” motivo, salva guardando a imagem do Boi – e de quem está por trás dele -, pôs a sua própria imagem à prova e ao fogo cruzado.

SEM SAÍDA II

Há, no mínimo, três versões diferentes apontadas nos bastidores da ilha tupinambarana como sendo o suposto motivo da saída de Jéssica. Porém, todas possuem um ponto em comum: ou começam, ou terminam com traição. Aliás, essa tem sido a palavra mais usada para descrever o “pivô” da separação – o fim do casamento –  da ex porta-estandarte com o Boi Caprichoso – que findou com uma separação amigável onde o casal continuam bons amigos.

BAQUE

Nem bem refeito da inesperada saída de sua Porta-estandarte, Jéssica Tavares, o Boi Caprichoso levou outro baque maior ainda com a anúncio da saída de sua Sinhazinha da Fazenda, Karyne Medeiros, em carta aberta à Nação Azul e Branca na última sexta-feira, 15. A sinhá azulada agradou pelos anos  defendendo as cores da Francesa, lembrou de seus colegas de trabalho, artistas , o carinho dos fãs e dos torcedores e disse que realizou um sonho de menina e que agora estaria realizando o sonho de toda mulher: ser mãe!

BANCA

Vale lembrar, que há um mês (mais ou menos) o cretino colunista anunciou neste espaço que a bela sinhá estaria grávida, contudo, a notícia foi negada pela mesma. Segundo informações, não confirmadas, a ex-sinhazinha estaria grávida de 08 a 12 semanas, se o cretino colunista ainda sabe fazer conta sua fonte estava certa, o mesmo falou a verdade e a mentira – assim como a barriga de uma gestante – não se pode esconder por muito tempo. Desde já, em primeira mão, informo a inauguração da banca, em frente à Catedral de Parintins, da “Mãe Sinny de Arrasaivos” com previsões “miojo”: em três minutos.

seo

– Ó grande espírito vem falar comigo!

– Aqui estou, ó notável pequeno curumim alesado!

– Vois que sois a luminescência do além diga-me meu velho: o que deu na guardiã do pavilhão campeão do cinquentenário?

– O óbvio: ela antecipou-se à jogada final.

– Não entendi?

– Normal, curumim. Normal!

– Explique, por favor!

– A pequena Jéssica fez o mesmo que o Arlindo fez em 2015: saiu antes que a tirassem, evitando o constrangimento de ser traída por seus “amigos”.

– Por falar em traição, o senhor acredita que a “outra” será ungida porta-estandarte?

– Muito difícil, curumim.

– Por quê?

– Porque entre o talabá e o estandarte existe uma esposa.

– E também duas substitutas!

– As próximas a serem traídas, curumim!

– Não creio?

– Não? Vejamos: aponte-me no teu boi um único item substituto [denominado e divulgado como tal] que ascendeu ao cargo após a saída da titular? Me diga quando, nos últimos anos, que o teu boi respeitou algum edital que ele mesmo tenha elaborado e divulgado?

– Off Line.

– Não aguenta ouvir a verdade!

– Estou ouvindo, hein. Velho dos infernos!

– Como você mesmo diz, curumim: arrasaivos!

orelha

A situação do Hospital Padre Colombo sinaliza a múltipla falência da política do nosso Estado. De um lado, nos deparamos com a complacência da Prefeitura de Parintins que assiste a tudo sem a menor preocupação. De outro, nos deparamos com o Governo do Estado mergulhado na mais absoluta inaptidão gerencial que põem em risco os direitos constitucionais básicos de todo e qualquer cidadão: educação, saúde e segurança. No meio, duas casas, que em tese representam o povo, que ultimamente ignora as suas funções: a Câmara Municipal de Parintins, defensora suprema dos direitos dos parintinenses, não age tampouco cobra e/ou fiscaliza o executivo municipal e comportar-se à margem de sua inexpressividade; e a Assembleia Legislativa do EstadoALEAM – defensora suprema dos direitos dos amazonenses, age de forma subserviente às vontades do governador a quem deveria fiscalizar e cobrar em respeito e lealdade ao seu verdadeiro chefe/patrão: o povo. Nessa situação, cinco grandes certezas calamitosas: Parintins está abandonada, desassistida; possuí um prefeito negligente, um deputado estadual omisso e um governador inepto.

Bi Garcia, com todo o “prestígio” que possui junto ao governador, José Melo, encontra dificuldades em servir a população que o elegeu como seu representante. Ora, se o repasse do recurso anunciado (cerca de R$ 800 mil) pelo governo e reforçado pelo político for liberado deve-se mais à entrevista coletiva dos gestores do HPC para anunciar, e posteriormente, o fechamento do hospital do que ao resultado do trabalho e articulação do parlamentar. Além disso, é cômica, para não dizer ridícula, a afirmação do deputado de que a falta de sensibilidade dos proprietários do Grupo Baranda, o casal João Pedro e Márcia Baranda (pré-candidata à prefeitura de Parintins pelo PMDB), determinou, de forma indireta, o fechamento do HPC ao interromper o fornecimento de alimentos. É como se um trabalhador com dois meses de salários atrasados pelo patrão tivesse o crédito suspenso no açougue devido ao alto valor de sua dívida contraída nesse período e o bajulador do patrão – em débito – colocasse a responsabilidade no açougueiro pelo trabalhador e sua família estar passando por necessidades. Pior, quando o tal bajulador é o representante do trabalhador com salários atrasados que ao invés de defendê-lo cobrando o patrão, protege o mesmo e joga a culpa no coitado do açougueiro: o grande mau caráter da história. Menos Vossa Excelência! Ainda lá, que seus aliados e correligionário da diretoria azulada joguem a culpa até de uma pedra que cai no Zeca Xibelão nas costas da ex-presidente, mas, daí o senhor fazer o mesmo pela [in]responsabilidade do governador: deu bode! Afinal, de contas, quem o elegeu? Parintins ou governador? Vamos falar de oportunismo, deputado?

rap

* As saídas de Jéssica Tavares e de Karyne Medeiros causaram não só dois grandes rebuceteios tribais como dois grandes problemas para a diretoria do Boi da Estrela resolver: escolher quem para substituí-las? Algumas possibilidades claras (Porta-estandarte): 1. Taynessa Brasil: 2º colocada no concurso de 2014; Taissa Brasil: porta-estandarte substituta de Jéssica; Emilly Oliveira: atual substituta de Maria Azêdo e substituta de Rayssa Tupinambá em 2014. (Sinhzainha da Fazenda): Tereza Azêdo: substituta em 2014 e sobrinha do presis azulado; Joyce Kellen: é a substituta de Karyne é mais experiente das candidatas;  e Valentina Cid: filha da ex-sinhazinha Karina Cid. #BonsNomes;

* Se, a diretoria e o Conselho de Artes forem pelo que diz o edital do concurso elaborado e divulgado pelos próprios a escolha será por Taynessa Brasil. O edital rege que em eventual indisponibilidade de qualquer natureza a vencedora do concurso não puder exercer a função e/ou abdicar do cargo, automaticamente, a segunda colocada o assumi. #OEditalEClaro;

* Se, a diretoria e o Conselho de Artes forem pela atual situação a escolha será por Taissa Brasil. A jovem é a atual porta-estandarte substituta [oficial] de Jéssica Tavares. #TaNaFilaFazTempo;

* Se, a diretoria e o Conselho de Artes forem pelo inusitado a escolha será por Emilly Oliveira. A jovem de apenas 14 anos (com corpo de mulher) já foi substituta de Rayssa Tupinambá (Porta-estandarte) em 2014 e atualmente é a substituta de Maria Azêdo (Cunhã-poranga). #SaindoPelaTangente;

* Enganam-se quem pensa que essa seria uma escolha fácil: seja qual for a escolhida as consequências poderão ser perigosas pela delicadeza do cenário que se apresenta. Principalmente, entre Taynessa (2º colocada no concurso) e Taissa (P.E substituta). A segunda colocada no concurso tem ao seu favor o recurso de acionar a justiça e requerer o cargo, uma vez que o edital do concurso lhe assegura este direito conquistado no final do mesmo. #PorFatoeDireito;

* Já a Porta-estandarte substituta, por mérito, também detém o direito ao cargo pelo trabalho e os anos representando o item em eventos oficiais e shows de turistas sob o status que a própria diretoria e o C. A lhe atribuíram. #ComoFica?;

* Os apoios e a força de cada candidata dentro do boi pesará – e muito – na hora da escolha. Taynessa tem a seu favor a força de uma tradicional e grande família de sócios e o edital do concurso; Taissa tem a seu favor o “apoio” e a simpatia do vice-presis azulado; Emilly tem a seu favor um forte padrinho dentro da Gomes de Castro. #GameOfThrones;

* Correndo por fora ao cargo de sinhazinha azulada está a rubra Vanessa Costa que disputou e ficou em segundo lugar  no concurso para sinhazinha da Baixa do São José que escolheu Djidja Cardoso. A jovem dançarina não teria respondido, de imediato, às primeiras sondagens da Francesa. #Ataque;

* Em contrapartida, a Baixa do São José teria mandado um recado à Vanessa: “Temos planos para você!”.#Defensiva;

* Na sexta-feira, 22, é o grande dia da Nação Azul e Branca realizar a festa de lançamento do CD “Viva Parintins!”. O curral Zeca Xibelão passa por reforma e reestruturação para o desenvolvimento do projeto cenográfico assinado pelo Conselho de Artes e executado pelo artista Márcio Gonçalves e equipe. #QuemTaFalandoEaquiDeParintins;

* O cretino colunista teve acesso ao que seria roteiro musical da noite. #Sera?;doc

* Ontem, domingo 17, à noite aconteceu a abertura da Semana Azul em Parintins. O evento foi realizado nas esquinas da Getúlio Vargas com Paes de Andrade e contou com a participação de Cássio Gonçalves, Banda Canto Parintins, Diego Brelaz, Ornello Reis, Marujada de Guerra e CDC . #EsquentaTudo;

* Outro esquenta do lançamento acontece no palco montado atrás do Bumbódromo com diversos  shows durante toda a semana azul. O evento acontecer  às 21h, depois dos ensaios no curral Zeca Xibelão, e tem como realizador o pré-candidato Babá Tupinambá. #MaisOpcaoNaIlha;

* No próximo sábado, 23, os amigos do músico, produtor e compositor Sidney Rezende realizarão no Café Teatro a rifa beneficente para ajudar no custeio do tratamento de saúde  que o renomado músico está fazendo. Na ocasião será rifado um dos violões do “Sidão”, como é carinhosamente chamado pelos seus amigos. #BelaIniciativa;

 * O segundo Bar do Boi, realizado no Clube Assinpa pelo Movimento Marujada, foi marcado pela ausência da Marujada de Guerra e do levantador oficial David Assayag e ainda pelo lançamento do novo CD do Pop da Selva, Arlindo Jr. #FoiBacaninha;

* Segundo informações de marujeiros e de um dos coordenadores da Marujada, o item de número 03 não fora convidada para o evento. E, segundo relatos, David teria cobrado um cachê o qual o M.M não poderia pagar. #Rumores;

* Não teve David, nem Marujada. Mas, teve Annita, Naldo e As Vingadoras em um dos intervalos do Bar do Boi. O cretino colunista não acreditou no que estava ouvindo e vendo: as pessoas dançando funk em pleno curral azulado. Poucas foram as pessoas que se indignaram com aquela cena lamentável. #AquiloNaoEraBDBSorry;

* Os camarotes estavam fervilhando de gente bonita e de alegria na noite do último sábado, 16, nos domínios azulados. O camarote do Bradesco, da anfitriã Juliana Delmiro, desfilaram o promoter e colunista social Frank Freitas, o compositor do Boi Caprichoso Elton Cabral, o empresário parintinense e compositor Tarcísio Coimbra e esposa, entre outros. #Bombou;

* O camarote da Imprensa, da anfitriã Marilza Mascarenhas, não ficou por menos e transbordou com a turma animada da imprensa amazonense: Julieta Camara, Clayton Pascarelli, Nathália Andrade, Mairkon Castro, Édria Caroline, entre outros. O espaço é patrocinado pela Moto Honda da Amazônia e a Eoqueá! Sanduíches Naturais com suas verdadeiras delicías para quem curti uma alimentação saudável. #ArrasaivosMuito;prop

* Prestou: o som estava deveras melhor do que no evento de estreia; Prince: fez o melhor show da noite e apresentou o melhor repertório; a banda do Arlindo: perfeita; CDC fez bonito na coreografia; Renato Freitas: o lord bovino. #DestaquesDanoite;

* Não prestou: a ofensa aos reds presentes no único momento negativo do show do Prince; A ausência de David Assayag e da Marujada e o funk no intervalo. #CurtiNao;

* Estiveram presentes ao Bar do Boi os pré-candidatos à presidência do Boi Caprichoso, Babá Tupinambá e Jender Lobato. O jovem advogado afirmou ao cretino colunista que está no páreo, trabalhando, conversando e buscando apoio de forma consciente e respeitando o tempo da disputa. #Firme;

* Jender acredita que  Boi Caprichoso precisa de uma gestão moderna, voltada para o profissionalismo que a dimensão do festival tanto precisa. Além, de uma união de forças que tenham e pensem em um bem comum: o futuro da associação. O pré-candidato aposta que até o fim do festival só haverá dois candidatos: ele e Babá. #Convicto;

* Estreou no sábado, 16, os dois programas oficiais dos bumbás Caprichoso [apresentação de Fabiano Neves] e Garantido [apresentado  no primeiro por P.A Chaves e nos demais por Israel Paulain] na Rádio A Crítica a partir das 17h. Então torcedores fiquem ligados pois, todo sábado até o festival tem boi no rádio manauara. #CoisaMegaRara;

* O ensaio da Batucada de ontem, domingo, 17, no Almirante contou com a presença do mestre Marcelo Bilela que acompanhou atento à desenvoltura do grupo ritmo encarnado de Manaus. O ensaio também contou com a vibrante participação do Show Man da Baixa do São José: Sebastião Jr. #TopDaBaixa;

* O rubro levantador brinda a ala feminina [e a quase feminina] com um corpicho mais encorpado. Mais forte, Sebastião Jr. demonstrou a vitalidade e a energia que lhe são tão peculiares e as que o fazem ser um dos melhores artistas bovinos da atualidade. #OCaraArrebenta;

* Um dos momentos que os olhos super atentos do cretino colunista registraram no show de Sebastião Jr. foi a sua árdua luta travada no palco contra um inimigo quase invisível: o ziper de sua bermuda. Por diversas vexes o levantador teve que fechar o ziper que teimava  em abrir. #ÓDanadoDagota;

* E por falar em Batucada deveria-se instituir um prêmio de melhor nipe de instrumentos aos repiques encarnados. São eles que dão um swing absurdo ao ritmo ao conjunto, em especial, o repique solo que fez o cretino colunista pirar em suas conversões e desenhos percussivos. #NaoEFirulaETecnicaPura;

alvo

joao boi jender art imp

É só por hoje…

Por hoje!

Até a próxima…

#SouVitima!

você pode gostar também