Posse da nova diretoria da Ufam é suspensa: reitor presta esclarecimentos

Gilson Almeida

Parintins (AM) – O reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sylvio Puga, esteve reunido na manhã desta quarta-feira (22) no auditório do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ) com a diretoria eleita no segundo turno em dezembro de 2019 para o quadriênio 2020/2024. Além deles o encontro contou com a participação de acadêmicos, professores e técnicos para esclarecer a suspensão da posse da nova diretoria que estava prevista para acontecer segunda-feira (20). A posse foi suspensa devido a chapa derrotada ter entrado com recurso solicitando revisão de requisitos da eleição.

Conforme a diretora eleita Sandra Helena, a Chapa 3 ‘Para Avançar Mais’ entrou com recurso na reitoria questionando a capacidade técnica da coordenadora administrativa eleita Daniele Canto de assumir o cargo por ser bibliotecária. “Eles fizeram o mesmo recurso junto a comissão eleitoral no período da homologação das inscrições e foi indeferido porque as resoluções das universidades e o próprio regimento deixam claro a possibilidade técnico administrativo, seja ele de que área for desde que tenha o nivel superior, assumirem cargos de coordenação administrativa”, disse Sandra.

De acordo com o reitor Sylvio Puga, esta questão será discutida no conselho de Administração (CONSAD) da Ufam. “Quando houver a reunião será analisado o recurso que teve juízo de invencibilidade por conta da Procuradoria Jurídica e vamos aguardar a reunião do conselho de Administração em março. Então em março haverá uma definição”, explicou o reitor.

Enquanto isso o atual diretor do ICSEZ, José Luiz, permanecerá no cargo.

A Chapa 1 ‘Universidade Viva’ composta pela prof. Dra. Sandra Helena como diretora, a bibliotecária Daniele Canto como coordenadora administrativa e o prof. Dr. Carlos Monteiro como coordenador acadêmico venceu no segundo turno com 56,3% dos votos válidos.

A Chapa 3 ‘Para Avançar Mais’ que disputou a diretoria do instituto com o prof. Dr. Cledenilson Mendonça de Souza, como coordenador administrativo o administrador especialista Adson Silveira de Souza e para coordenador acadêmico do campus o professor Msc. Raimundo Inácio da Costa Pinto, o Piolho, teve 43,7% dos votos válidos.

Foram no total 829 votos, 27 votos nulos e 0 voto branco.

Na reunião realizada nesta quarta-feira (22) no campus de Parintins, foi também discutido outros assuntos com o reitor como a construção do Bloco 4, da falta de segurança e manutenção da Residência Universitária (RUNI), sobre a obra pararalisada do Bloco do Restaurante Universitário (RU), entre outros.

Sylvio Puga vistoriou o prédio da RUNI após a reunião e levará a demanda dos acadêmicos para o Departamento de Assistência Estudantil (DAEST).

Ele permanecerá em Parintins até a próxima quinta-feira (23).

você pode gostar também