Prefeito de Barreirinha expõe necessidades do interior contra coronavírus, em reunião da AAM

Barreirinha (AM) – Ações e medidas estratégicas de combate ao Novo Coronavírus, no Amazonas, foram discutidas por 62 prefeitos de municípios, em videconferência com o vice-governador, Carlos Almeida Filho, no dia 30 de março. A reunião dos gestores públicos, via Internet, foi convocada pelo presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), prefeito de Maués, Júnior Leite.

De Barreirinha, o prefeito Glenio Seixas debateu propostas de enfrentamento e prevenção ao Covid-19, com 151 casos positivos no Amazonas, dos quais 07 são oriundos do interior. Os prefeitos enfatizaram os riscos de contaminação da população, caso não seja cumprida a determinação do Governo do Amazonas de proibição de transporte fluvial de passageiros em embarcações.

Glenio Seixas defendeu o isolamento geográfico do interior, contra o coronavírus. “Estamos preocupados com a livre circulação dos barcos e, aqui, na nossa realidade não é diferente. Desde 17 de março, adotamos medidas para garantir que nossa população não fosse atingida. Vamos fazer um trabalho mais intenso, com maior esforço, para retardar a chegada do vírus ao município” declarou.

O prefeito de Barreirinha apresentou também, aos demais prefeitos do Amazonas, alternativas para celeridade em protocolos de diagnóstico da doença em casos suspeitos registrados no interior, como a aquisição de testes rápidos, e a rápida capacitação de técnicos laboratoriais pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam), por meio do Laboratório Central do Amazonas (Lacen).

Glenio Seixas solicitou fomento do Governo do Amazonas, com linhas de crédito destinadas à aquisição de equipamentos de corte e costura. “Assim, vamos gerar renda para as costureiras, por exemplo, que poderão produzir materiais como máscaras e rouparia hospitalar. Esses itens são de suma importância para suprir a necessidade do sistema de saúde do município”, afirmou.

Com informações de assessoria

você pode gostar também