-Publi-A-

Presos da Cadeia Vidal Pessoa são transferidos para nova unidade prisional

Unidade foi reativada para abrigar presos que estavam sofrendo ameaças de morte. Foto: Jair Araújo/ Acervo-DA

Os 162 presos da Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa foram transferidos, na madrugada desta sexta-feira (12), para o novo Centro de Detenção Provisório Masculino 2 (CDPM), localizado no KM 8 da BR-174. As informações foram confirmadas pelo titular da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), tenente-coronel Cleitman Rabelo.

A Cadeia Vidal Pessoa precisou ser reativada, em janeiro deste ano, para abrigar os presos que estavam sofrendo ameaças de morte após as rebeliões que deixaram mais de 60 mortos na capital. O prazo determinado pela Justiça  para a transferência dos presos foi definido até o dia 15 de maio.

Mas informações sobre a transferência dos presos serão divulgadas pela Seap ainda nesta manhã.

Presos na Vidal

A Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa era a porta de entrada do sistema prisional no Amazonas e estava desativada desde outubro de 2016, mas acabou sendo novamente utilizada pela Seap no início deste ano, após rebeliões e mortes de internos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

As autoridades de segurança pública e de administração penitenciária alegaram, na época, que se tratava da única alternativa no momento para evitar novas mortes de presos.

No dia 22 de fevereiro deste ano, o Estado assumiu o compromisso de transferir todos os presos custodiados que estavam na “Vidal Pessoa” até o dia 30 de abril, com tolência de mais 15 dias para atender eventualidades.

Outro compromisso assumido foi a elaboração de um relatório interno individualizado dos presos, contendo a descrição pormenorizada dos riscos a que eles estariam expostos. Em contrapartida, o Ministério Público se comprometeu em abrir mão da apelação, porém, condicionada ao cumprimento do acordo firmado na audiência de conciliação.

você pode gostar também