Prevenção e repressão aos crimes são metas do novo comandante do 11º Batalhão da PM

Da Redação | Parintins 24 Horas

[email protected]om

Quando assumir o comando do 11º Batalhão da Polícia Militar do Amazonas, no dia 30 de setembro, o Tenente-Coronel Corrêa Júnior, 45 anos, vai encarar a missão de executar um trabalho integrado, preventivo, combativo e proativo contra os crimes, principalmente de repressão ao avanço das drogas, em Parintins. Com 24 anos de carreira na PM, o oficial já chefiou a PM em Parintins, em 1999, e decidiu voltar a servir no município 20 anos depois, em substituição ao Tenente-Coronel Luiz Navarro.

Corrêa Júnior constituiu família com a parintinense Diana Sancler, com quem têm três filhos, e por conhecer o município, assumiu a responsabilidade dada pelo Comandante Geral da PM, Coronel Ayrton Norte. “Minha expectativa é a melhor possível de trabalhar em Parintins, que é um batalhão espelho para a Polícia Militar, altamente estratégico, que articula muito a situação operacional, principalmente na época do festival conhecido mundialmente. O comandante me chamou, por eu já ter servido na área, e me perguntou se eu gostaria de comandar e eu aceitei”, afirma.

Sob o novo comando, a PM agirá em todas as áreas, inclusive na educação no trânsito. Um dos trabalhos primordiais é uma política de educação contra as drogas com o público infantil. Nesse sentido, o novo comandante pretende mudar a metodologia do Pelotão Mirim e ampliar o Programa Educacional de Erradicação e Resistência às Drogas (Proerd). “Vamos trabalhar na base social, com as crianças e aproximar os adultos, mas a repressão é um dos pontos cruciais que faremos”, anuncia.

Corrêa Júnior prepara o Projeto Polícia Cidadã Comunitária, voltado aos anseios da população, e vai promover a segurança pública, por meio da pro-atividade, para não esperar o crime acontecer. “E sim ir no foco do crime para sanar o problema antes que ocorra alguma coisa pior. O trabalho da polícia não é só repressão, mas prevenção e, hoje em dia, pro-atividade, para que o crime não aconteça. Vamos trabalhar na função social, prevendo ações que possam gerar algum crime e a atuar antecipadamente”, ressalta.

Currículo

José Francisco Bonates Corrêa Júnior é amazonense, do Quadro de Oficiais Policiais Militares (QOPM), formado na Academia de Polícia Militar de Paudalho, em Pernambuco. Em 1999, respondeu pela Delegacia Regional de Parintins e pela antiga Companhia Independente de Polícia Militar. No dia 11 de setembro, foi nomeado pelo governador, Wilson Lima, para o cargo de comandante do 11º Batalhão da PM, sediado em Parintins, que abrange ainda Nhamundá, Barreirinha e Boa Vista do Ramos.

Corrêa Júnior é formado em Direito, com Especialização em Direito Público e Gestão da Segurança Pública. Também comandou a PM em Maués, Coari, várias unidades operacionais em Manaus, Companhia de Motociclistas no Batalhão de Trânsito, Assessor Militar na Empresa Municipal de Trânsito e Transportes (EMTT), foi assessor e chefe de departamento na Corregedoria Geral. Atualmente, exercia a função de Diretor de Finanças na PMAM e Juiz Militar da Auditoria Militar do Tribunal de Justiça.

você pode gostar também