Primeira morte por Covid-19 no AM é de comerciante de Parintins 

Parintins (AM) – Por complicações pulmonares causadas pelo Novo Coronavírus, o empresário Geraldo Sávio da Silva, 49 anos, morreu no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz, em Manaus, às 19h44, nesta terça-feira (24). Ele foi diagnosticado com pneumonia e estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde sábado (21).

Após apresentar os sintomas da doença, depois de retornar de viagem de pesca esportiva, em Nhamundá, Geraldo Sávio teve o quadro de saúde agravado, foi atendido na emergência do Hospital Jofre Cohen, em Parintins, e transferido em UTI Aérea para tratamento especializado, em Manaus, com suspeita de Coronavírus.

O exame para Covid-19 deu positivo, no paciente, o primeiro infectado no interior do Amazonas, com resultado divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), no domingo (22). Geraldo Sávio era natural de Oriximiná, Pará, constituiu família, residia e atuava como comerciante, em Parintins.

você pode gostar também