Primeiro Centro Cultural de Jornalismo do Brasil será inaugurado no Rio

A Casa Pública abre as portas no dia 19 de março em evento gratuito e aberto ao público; debates sobre jornalismo, exposição fotográfica e intervenção artística estão na programação

Rio de Janeiro, 07 de março de 2016 – A Agência Pública inaugura no dia 19 de março a Casa Pública, o primeiro centro cultural de jornalismo do Brasil. Localizada no bairro do Botafogo, no Rio de Janeiro, a casa é um centro para a discussão e apoio ao jornalismo investigativo e independente. As portas da casa serão abertas às 13h e o evento é aberto ao público. 

A programação do evento tem início às 14h, com as Conversas Públicas, duas rodas de entrevistas com jornalistas investigativos reconhecidos na América Latina. A primeira será sobre checagem de discurso público, uma tendência crescente no continente. A Pública convidou as jornalistas Tai Nalon, do site Aos Fatos, e Cristina Tardáguila, da Agência Lupa, para entrevistar Laura Zommer, responsável pelo Chequeado, site argentino pioneiro do fact-checking regional.

Na segunda conversa, a diretora da Agência Pública Marina Amaral entrevista os jornalistas Chico Otávio, do jornal O Globo, e Rubens Valente, da Folha de S. Paulo, sobre jornalismo político investigativo.
A Casa Pública é inaugurada em um momento de explosão de novas iniciativas que se propõem a produzir jornalismo fora da tradicional indústria de notícia. A ideia é fortalecer esse movimento, uma ação iniciada com a publicação do Mapa do Jornalismo Independente (www.apublica.org/mapa-do-jornalismo), que estará disponível ao público durante o evento.

Além disso, a Casa vai privilegiar os debates em torno dos megaeventos no Brasil, tema que a Agência Pública vem cobrindo desde 2011. A cobertura continua com a chegada dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016. Por isso, os impactos dos megaeventos esportivos na vida dos brasileiros são tema da exposição de fotojornalismo Legados, que poderá ser visitada durante a inauguração.
Participam da exposição os fotógrafos: Ana Carolina Fernandes (Rio e SP), Canindé Soares (Natal), Carlos Junior (Rio), Davi Pinheiro/Nigéria (Fortaleza), Deivyson Teixeira (Fortaleza), Gustavo Minas/selvaSP (São Paulo), Hélia Scheppa  (Recife),

João Roberto Ripper/Imagens humanas (Rio), Kátia Carvalho (Rio), Luiz Baltar (Rio), Mídia NINJA (Brasilia, Rio e BH) e Tércio Teixeira/R.U.A Foto Coletivo (Rio).

O evento também conta com a participação do coletivo Opavivará, com a intervenção artística Eu ♥ Camelô. A partir das 19h30, começa o happy hour, com som comandado pela DJ Sugu (aka Susana Guardado).

A Casa Pública funciona em um casarão construído em 1914 no bairro do Botafogo,  https://www.facebook.com/events/1027590617314100/
zona sul do Rio de Janeiro.

Serviço
Inauguração da Casa Pública

Dia 19/03/2016

Das 13h às 22h30

Rua Dona Mariana, 81

Evento gratuito e aberto ao Público

Link do evento: https://www.facebook.com/events/1027590617314100/

você pode gostar também