Prince teve overdose seis dias antes de morrer, afirma site

Prince foi encontrado morto em sua casa, nos Estados Unidos, na manhã da última quinta-feira (21) e a causa de sua morte ainda segue como indefinida. Mas, segundo fontes do site “TMZ”, o cantor de 57 anos sofreu uma overdose – mesma causa do falecimento do ator Philip Seymour Hoffman, em 2014 – seis dias antes de morrer.

Prince passou por uma emergência médica em 15 de abril e seus representantes alegaram uma forte gripe, mas o portal afirma que ele foi hospitalizado e recebeu uma espécie de “injeção salvadora” para anular os efeitos de opiácios. Prince saiu de um show em Atlanta, na Geórgia, e seguiu para um hospital em Moline, Illinois, em seu avião particular. O artista teria sido aconselhado a permanecer na unidade hospitalar por, pelo menos, 24 horas, mas foi embora ao saber que não teria um quarto privativo. Ele foi encontrado morto dentro de um elevador em seu estúdio de gravação em sua propriedade em Minnesota. O corpo do cantor deve passar por uma autópsia nesta sexta-feira (22), na tentativa de determinar a causa de sua morte.

Depois da confirmação da morte de Prince, fãs do mundo todo lamentaram a perda do cantor. Demi Lovato, Katy Perry, Justin Timberlake, Lindsay Lohan, Russell Crowe, entre outros artistas como os brasileiros Bruno Mazzeo e Adriane Galisteu, também prestaram suas homenagens ao ícone pop nas redes sociais.

“E assim… o mundo perdeu um monte de magia. Descanse em paz, Prince! Obrigada por nos dar tanto!”, escreveu a namorada do ator Orlando Bloom. “Prince foi brilhante e maior que a vida. Que dia triste!”, lamentou a apresentadora Ellen DeGeneres. Nick Jonas foi mais um a homenagear Prince: “Uma das minhas maiores inspirações. Um verdadeiro ícone. Sentiremos sua falta. Triste notícia hoje”.

(Por Caroline Moliari)

você pode gostar também