-Publi-A-

Procurado por participar da morte de PM é preso em Novo Aripuanã

‘Menor da Chapa’ foi preso junto com a companheira quando tentava fugir (Foto: Divulgação/PC)

José Cledson Weckner Rodrigues, conhecido como ‘Menor da Chapa’, um dos procurados por envolvimento no assassinato do soldado da Polícia Militar (PM) Paulo Sérgio Portilho, foi preso, na noite dessa sexta-feira (2), em uma embarcação próxima ao município de Novo Aripuanã (a 227 quilômetros ao sul de Manaus).

De acordo com o delegado Juan Valério, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), foi montada uma patrulha de voadeira, por uma guarnição da PM do município, para abordar o Barco Tio Gracy, onde encontrava-se o foragido.

ontem, guarnição de novo aripuana. vao levar pra manaus por mandado de prisão por conta do homicidio. vao desembarcar no aeroclube, pelo CTA,

José Cledson, que estava fugindo junto com sua companheira, foi preso com um quilo de entorpecente, encontrado em uma bolsa. Os dois foram apresentados na 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP). De acordo com o delegado Juan Valério, que acompanhou a prisão do suspeito, ele será trazido para Manaus, ainda neste sábado (3).

Na manhã dessa sexta-feira, a PC apresentou outras sete pessoas, três delas adolescentes, suspeitas de envolvimento na morte do policial militar, que teve o corpo encontrado na invasão Buritizal Verde, no bairro Nova Cidade, zona norte, na última terça-feira (30). No fim da tarde dessa sexta-feira, Renata Lima da Silva, 30, conhecida como ‘Redondinha’ ou ‘Baixinha’, se entregou na DEHS, também procurada por envolvimento no crime.

Outras seis pessoas seguem foragidas:

“Gigante” (cavanhaque);
Bruno Medeiros Mota, o “Filé” (Boné preto);
Henrique Silva (sem camisa aparelho nos dentes)
Fabio Barbosa de Souza (moreno de camisa branca),
William Paiva (camisa com detalhe vermelho e branco)
Isac Santos, “TRrem Bala” (cigarro na mão);

Do d24

você pode gostar também