Quatro idosos barreirinhenses vencem período crítico da Covid-19 e casos aumentam na área rural 

Cinco barreirinhenses, a maioria idosos da Agrovila do Caraná, receberam alta médica do Hospital Coriolano Lindoso Cidade para continuar a recuperação da Covid-19 em casa. Sebastião dos Santos Cruz, 45 anos, Maria Cruz da Glória, 71 anos, Maria Corrêa da Silva, 72 anos, e Laíde da Silva Serrão, 83 anos, já estão fora do período de transmissão da doença.

Somente Joilson Ferreira da Silva, 36 anos, morador do Centro de Barreirinha, não integrava o grupo da melhor idade que teve alta no domingo (11). De acordo com o Coordenador da Fundação de Vigilância em Saúde de Barreirinha (FVS), Leopoldo Tavares Neto, os pacientes, após 12 dias internados, agora vão poder continuar o tratamento da doença em casa.

“Tivemos essa graça em acompanhar a alta dos nossos irmãos barreirinhenses que estiveram vários dias lutando pela vida e conseguiram sair do momento mais crítico da doença. Agradeço aos profissionais da saúde pelo empenho em dar todo o suporte a essas pessoas”, comemorou o coordenador da FVS Barreirinha.

Subida 

A diretora do hospital de Barreirinha, Daniela Marinho da Silva, confirma a incidência do número de casos que tem crescido nos últimos dias no município. Ela pontuou que na área indígena Sateré-Mawé os casos têm aumentado e os pacientes são transferidos das aldeias pelo helicóptero do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Parintins.

“O município está dando apoio com técnicos na área vermelha, pois é lá que os pacientes necessitam de cuidados o tempo todo. Hoje, por exemplo, um indígena deu entrada na unidade positivado e vai ficar sob a observação da equipe de saúde”, ressaltou Daniela Marinho da Silva.

Transferência 

No domingo, houve remoção de dois pacientes para Manaus, em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Aérea encaminhada pelo Governo do Amazonas. “Um é da Agrovila do Caraná e outro do Distrito de Cametá do Ramos. Os demais pacientes que deram entrada, como é o caso do indígena, continuam aqui na unidade sob os nossos cuidados”, afirmou a diretora.

Fotos: Enfermeiro Zeiner de Matos

você pode gostar também