-Publi-A-

“Quem for pego comprando voto vai se lascar!”, declara juiz eleitoral de Parintins-AM

O Juiz do Cartório da 4ª Zona Eleitoral, de Parintins-AM, Fábio César Olintho de Souza, informou que a fiscalização neste pleito no município está intensa e ressaltou que não vai tolerar nenhum ato de corrupção ou descumprimento da lei por parte dos candidatos, partidos e coligações.

O magistrado já recebeu denuncias de compra de votos na zona rural e urbana neste mês de setembro. “Essas denuncias são feitas principalmente por meio do aplicativo ‘Whats App’. Estamos dando prints nessas fotos que os eleitores estão mandando e salvando os arquivos de vídeo. Se você pensa que comprando voto vai ficar impune, está muito enganando, porque se depender de mim, se você for pego, tá lascado”, declara o juiz.

Todas as provas contra candidatos por compra de votos e outros crimes eleitorais estão sendo enviadas para o Ministério Público Eleitoral (MPE). “Hoje mesmo já mandei alguns prints pro MPE. Essas provas podem resultar também em inquérito policial eleitoral, que vai ser investigado pelo delegado”, explica o magistrado.

Voto limpo

Fábio Olintho orienta a população parintinense que não venda seu voto. “Se quer trocar o voto por alguma coisa, troque pela esperança de um município melhor, aceite propostas, pense no futuro, no coletivo. Se você vende o seu voto, é tão irresponsável e corrupto quanto aquele que você acusa, e não tem moral nenhuma de cobrar nada de ninguém”, alerta o juiz.

Ele pede aos eleitores que denunciem qualquer caso suspeito de crime eleitoral. “Jogue limpo, faça sua denuncia, recuse-se a ouvir partidos e coligações de candidatos que não cumprem a lei. Vote com sua consciência, sabendo que se você não fizer alguma coisa, nada vai mudar. Não seja irresponsável de eleger político corrupto”, finaliza o juiz eleitoral de Parintins.

Do Gazeta Parintins

 

você pode gostar também