Rafaela Silva dá show no tatame e conquista primeiro ouro para o Brasil

Foi na raça, na vontade de lutar de quem sabe o quanto é difícil superar as mazelas desse Brasil tão desigual. Foi assim, na base da superação que Rafaela Barbosa conquistou venceu seu combate contra a judoca da Mongólia, Sumiya Dorjsuren e conquistou a primeira medalha de ouro para o Brasil da Rio 2016.

A luta aconteceu na tarde desta segunda-feira (8), no tatame 1, da Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra, e coroou uma atleta que sabe ao pé da letra o significado do verbo lutar. Nascida no bairro Cidade de Deus, no Rio de Janeiro, Rafaela Silva não conseguiu segurar o choro logo após o soo do gongo e, literalmente, correu pra galera.

Nas arquibancadas, os parentes da atleta, inclusive sua mãe, que veio ver de perto a filha e tirar a limpo as ofensas racistas desferidas contra a judoca por meio das redes sociais.

Daqui a pouco tem cerimônia de premiação e muita emoção no pódio Olímpico da Rio 2016. Hoje tem hino brasileiro cantado a todos pulmões.

Do Acritica

 

você pode gostar também