-Publi-A-

Ramal do Kidoco tem poço ativado para levar água de qualidade aos moradores

Os investimentos do programa Água no Jirau, da Prefeitura de Parintins, avançam tanto zona rural quanto em alguns locais da cidade. Nesta terça-feira (31) o poço tubular do Ramal do Kidoco, situado na comunidade Parananema, área suburbana do município, um dos locais que será contemplado com o programa, foi ativado para levar água encanada aos moradores.

Este foi apenas o trabalho inicial haja vista que o local será contemplado ainda com um castelo d’água, um reservatório e a rede de água será expandida para todas as casas.

O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Fermiliano Tavares, destaca que para ativar o poço a equipe da autarquia fez a instalação da rede elétrica temporária do bombeamento que abastece o local, instalou uma bomba submersa no poço, expandiu cerca de 100 metros de rede de água e instalou duas torneiras comunitárias para abastecer os moradores com água de qualidade.

“Já conversei com a Secretaria de Obras, solicitei da Amazonas Energia um poste de luz padrão para podermos executar a instalação efetiva do poço do Ramal do Kidoco. Eu garanto que com essa melhoria que estamos fazendo já vai facilitar para os moradores e em breve vamos instalar o reservatório e o sistema de abastecimento vai funcionar normalmente com a expansão de rede até no final do Ramal”, disse Tavares.

Jackson Douglas, de 49 anos, tem um terreno no local que além de estar construindo sua casa, ele usa para cultivar diversas espécies plantas como cheiro-verde, coentro e macaxeira. Com a ativação do poço tubular ele disse irá ampliar sua produção.

“Digo que isso seria até um marco porque além de mim há outras pessoas que já residem aqui e elas têm essa necessidade de água em casa e com essa iniciativa do SAAE de colocar essas duas torneiras, deixar uma bomba ligada e facultar das pessoas que quiserem transportar essa água para suas casas por meio de mangueiras e bombeamentos já é um bom começo. Primeio porque vamos poder viver tranquilo num ambiente que vamos poder ter água e energia juntas, que são fundamentais para a sobrevivência em qualquer local, e segundo porque se vai poder investir em alguma atividade relacionada a produção porque não queremos só viver, queremos ajudar a produzir para abastecer o município”, destacou Jackson.

Nesta semana a equipe do SAAE irá também se deslocar para outras comunidades da zona rural para fazer a manutenção e melhorias no abastecimento de água.

você pode gostar também