Residência Universitária da Ufam Parintins vai abrigar pacientes com Covid-19 

Parintins (AM) – Com a suspensão do Calendário Acadêmico 2020, até o fim da pandemia de coronavírus, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) autorizou o uso da Residência Universitária (Runi) pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para cuidados de pacientes com a Covid-19, em Parintins. A casa dos estudantes é localizada na Estrada Parintins/Macurani, bairro Jacareacanga.

Com 40 apartamentos, a Residência Universitária do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (Icsez) foi solicitada pelo prefeito de Parintins, Bi Garcia, ao reitor da Ufam, Sylvio Puga, para o tratamento de infectados pela doença, com equipe médica, logística e segurança. O local tem 32 apartamentos, com 04 vagas cada um e 08, com 02 vagas (para pessoas com deficiência).

O reitor da Ufam, Sylvio Puga, atendeu ao pleito do prefeito de Parintins, Bi Garcia, protocolado junto ao diretor do Icsez, José Luiz Pereira, por entender a necessidade do município por reserva técnica para as ações de combate ao coronavírus, nesta terça-feira (15). Bi Garcia buscou um local adequado para priorizar atendimentos de urgência e emergência no Hospital Jofre Cohen.

A Prefeitura de Parintins se propôs a prestar assistência aos estudantes oriundos de outros municípios, moradores da Residência Universitária. A Ufam é parceira de Parintins, no enfrentamento ao coronavírus. “Em um momento como esse, é preciso a união de todos para que a gente possa derrotar o vírus. A Ufam, jamais, se furtaria em ajudar nas ações o município”, garante Sylvio Puga.

Com informações do jornalista Eldiney Alcântara

você pode gostar também