Rio Amazonas atinge mesmo nível de 2009 e Parintins pode decretar estado de emergência

Foto: Pedro Coelho.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

O rio Amazonas atingiu nesta terça-feira (27) 8 metros e 90 centímetros, o mesmo nível do mesmo período de 2009, a maior enchente que Parintins enfrentou. Os dados foram divulgados pela Defesa Civil que acompanha a subida do rio diariamente pela régua fluviométrica.

O coordenador da Defesa Civil no município, Adriano Aguiar, informou que está aguardando os relatórios de outras secretarias para possivelmente ser decretado estado de emergência. “Estamos aguardando o relatório de cada secretaria como Semasth (Secretaria Municipal de Assistência Social Trabalho e Habitação), Secretaria de Obras e Secretaria Municipal de Saúde para pegarmos todos esses relatórios e arquivá-los no nosso documento de preenchimento de formulário de desastres naturais para possível decretação de estado de emergência com o intuito de minimizar ao máximo o impacto da cheia nas famílias afetadas tanto na área urbana quanto na área rural”, disse Adriano Aguiar.

Além disso, outros fatores podem contribuir para o município decretar estado de emergência, assegura o coordenador da Defesa Civil. “Não só porque atingimos hoje a marca de 2009, mas também por informações que recebemos diariamente do Cemaden e do Cemoa que são centros de monitoramento. Eles emitem os riscos meteorológicos e nós observamos a carga de chuvas que estão atingindo o estado do Amazonas e principalmente que ainda vão atingir. Então com essa quantidade de chuva, podemos até prever que chegue a ultrapassar a cheia de 2009, lembrando que não podemos afirmar porque é um fenômeno natural, portanto não temos um controle absoluto desse fenômeno”, completou.

A cheia do rio Amazonas se dá até o mês de julho e a maior enfrentada pelo município em 2009 chegou a 9 metros e 38 centímetros.

Parintins já criou um Comitê de Enfretamento a Desastres Naturais e segue realizando ações nas áreas já afetadas, como construção de pontes.

você pode gostar também