-Publi-A-

Romeiros em Fé e devoção a Virgem do Carmelo pelas ruas Ilha

Foto: Yure Pinheiro

Milhares de fieis católicos, devotos de Nossa Senhora do Carmo, Padroeira de Parintins, vindos de cidades vizinhas, comunidades rurais e da Capital do Estado (Manaus), ganharam as ruas da Ilha em manifestação de fé e devoção a Virgem do Carmelo, no início da noite desta quinta-feira, 06.

O Círio que saiu da Igreja Matriz de São José Operário, percorreu a Avenida Nações Unidas, Rua Senador Álvaro Maia conhecida “Rua da fé” e Avenida Amazonas, com chegada na Catedral. Durante o percurso, em especial, na Rua Senador Álvaro Maia, artistas e moradores decoraram a via pública com papel picado e balões e TNTs nas cores amarelo e branco em frente as casas, além de objetos sacros e simbolizações vivas através de crianças vestidas de anjos e réplicas das vestes de Nossa Senhora do Carmo.

Pagadores de Promessas

A parintinense Lucimara Barros, moradora do bairro Itaúna II, trouxe seu filho para o cortejo religioso vestido de anjo em agradecimento a uma dádiva que recebeu da Santa Católica “no dia 1¤ de julho, eu estava grávida de nove meses, me sentia angustiada de dor e não conseguia dormia a noite e fiz uma promessa para Nossa Senhora do Carmo que se ela naquele momento aliviasse a minha dor e fizesse que eu tivesse meu filho rápido, nascendo com saúde, eu levaria ele (filho) vestido de anjo, logo no Círio do primeiro dia e hoje estou aqui pagando a minha promessa”.

Tema e Lema

A festa esse ano, tem o tema: “Maria e as Vocações: na Familia, na Igreja e no Mundo” e o lema “Fazei tudo o que Ele vos disser”. O coordenador do evento religioso e pároco da Catedral, Padre Rui Canto diz que a temática deste ano está relacionada ao nosso ano vocacional paroquial, e em sintonia com o Ano Mariano celebrado em todo o país, por ocasião das festividades dos 300 anos da aparição de N.S. Aparecida, padroeira do Brasil”.

A honraria a Santa Padroeira dos parintinenses iniciou pela manhã com a tradicional procissão fluvial que marcou inicio dos festejos em homenagem a Santa Católica.

Por Kedson Silva/JI

você pode gostar também