São Paulo vai fugir de pesadelo brasileiro na Libertadores

São Paulo recebe o Toluca-MEX, nesta quinta-feira, no Morumbi

É verdade que o São Paulo é a zebra no duelo contra o Toluca-MEX, pelas oitavas de final da Libertadores. Porém, no confronto que começa nesta quinta-feira, no Morumbi, o time tricolor entra em campo aliviado por fugir, por enquanto, de um pesadelo que persegue o clube desde o título em 2005: os brasileiros.

Depois que a equipe paulista foi tricampeã continental naquele ano, todas as eliminações seguintes na competição foram para times brasileiros. E todas no mata-mata.

Em 2006, o São Paulo foi vice-campeão ao perder a final para o Internacional. No ano seguinte, caiu para o Grêmio ainda nas oitavas de final. Na sequência, em 2008, o carrasco da vez foi o Fluminense, nas quartas.

Na temporada 2009, a eliminação veio novamente nas quartas, desta vez para o Cruzeiro. Já em 2010, o time tricolor deu o troco e bateu os mineiros também nas quartas, mas acabou eliminado na semifinal para o Inter.

Após ficar perto do título naquele ano, o São Paulo só voltou a disputar a Libertadores em 2013 e protagonizou outra eliminação para um time brasileiro. O Atlético-MG levou a melhor contra a equipe tricolor nas oitavas.

Na temporada de 2014, a equipe também não participou do torneio, mas, em 2015, acabou eliminado outra vez nas oitavas, agora para o Cruzeiro.

Já em 2016, terá um adversário mexicano no começo do mata-mata. E o retrospecto contra equipe do país da América do Norte é apertado. Foram 10 jogos, com cinco vitórias, quatro derrotas e um empate.

Em 2015, o São Paulo caiu nas oitavas contra o Cruzeiro
O São Paulo caiu nas oitavas contra o Cruzeiro

Destes confrontos, dois foram eliminatórias. Nas quartas de final de 2005, o clube tricolor bateu o Tigres. Já nas semis de 2006, a vítima foi o Chivas.

O São Paulo teria enfrentado novamente o Chivas nas oitavas de 2009, porém, por conta da onda de “gripe suína” no país, a equipe brasileira avançou direto às quartas.

Se passar pelo Toluca, o time tricolor corre o risco de enfrentar mais uma vez um rival brasileiro nas quartas de final. Isso porque a equipe pega o vencedor do duelo entre Atlético-MG e Racing-ARG.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X TOLUCA-MEX

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 28 de abril de 2016, quinta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Jonathan Fuentes (Uruguai)
Assistentes: Miguel Nievas e Richard Trinidad (ambos do Uruguai)

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Rodrigo Caio, Maicon e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Kelvin, Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos; Centurión (Alan Kardec). Técnico: Edgardo Bauza

TOLUCA-MEX: Sánchez; Rojas, Flores, Galindo e Paulo da Silva; Rios, Cueva, Trejo e Esquivel; Uribe e Vega. Técnico: José Cardozo

Da ESPN

você pode gostar também