Sebastião Júnior diz que não é cantor de presidente e destino no Boi Garantido vira incógnita 

Foto: Divulgação

Da Redação
Parintins (AM) – O cantor Sebastião Júnior diz que o presidente do Boi Garantido, Antônio Andrade, tem total autonomia para renovar ou não o contrato de levantador de toadas encerrado com a mudança de diretoria. A declaração do artista ocorreu ao desmentir notícia de que estaria em acerto para assinar com o Boi Caprichoso.

Mesmo assim, a troca de boi não é inevitável, pois há rumores de substituições no quadro de itens masculinos, exceto no cargo de apresentador. O novo presidente do Boi Garantido pode promover mudanças pontuais no setor musical, com o possível retorno de David Assayag.
O ex-levantador de toadas do vermelho e branco saiu do bumbá, em 2009, logo após o resultado de uma eleição, na qual concorreu como vice-presidente na chapa do candidato Flávio Farias, derrotada por Telo Pinto. Sebastião Júnior chegou ao Garantido no festival de Parintins em 2010 e se firmou no cargo.
No entanto, a volta de Antônio Andrade à presidência reacende a notícia de bastidores bovinos sobre o retorno de David Assayag para vestir vermelho e branco ou a ascensão de Edilson Santana ao cargo de levantador de toadas. Se isso se confirmar, faltará espaço para Sebastião Júnior como item oficial.
Em feijoada do Movimento Amigos do Garantido (MAG), em Manaus, no período da eleição, realizada para apoiar Antônio Andrade, o levantador de toadas se manifestou que não ia apoiar nenhum candidato e se queixou de que o Boi Garantido não custeava nem as passagens dele aos eventos oficiais em Parintins.
Com o nome especulado no Caprichoso, depois da contratação do sobrinho dele, Patrick Araújo, Sebastião Júnior confessa que essa notícia não procede, apesar de não ter sido contatado pelo novo presidente. “Por favor, peço-lhes mais respeito. Não divulguem notícias que não são verdadeiras. Sou cantor do meu Boi Garantido!”, assegura.
O artista rechaçou a informação de mudança de boi e disse não ser cantor do presidente. “Eu sempre fui cantor do nosso @boigarantido! Caso o novo Presidente não me queira mais no item 02, ele tem a total autonomia. Sempre lutei pelo melhor para o nosso boi. Se meu sobrinho, fechou com o boi contrário, o problema é dele e não meu”, declara.
você pode gostar também