-Publi-A-

Secretaria de Produção vai ampliar incentivo à pecuária leiteira de Parintins

Foto: Gerlean Brasil.

Apoio técnico e mecanização para o melhoramento da pastagem destinada à pecuária leiteira é uma das prioridades do plano operacional da Prefeitura de Parintins, por meio da Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa). A política pública planejada pela administração do prefeito Bi Garcia e do secretário de Produção, Tião Teixeira, vai começar a ser executada no período da enchente em que o rebanho bovino e bubalino encontra-se na terra firme.

O desafio maior enfrentado pelos pecuaristas que possuem empreendimentos em Parintins com Selo de Inspeção Municipal (SIM) expedido pela Sempa é a diminuição da produção de leite provocada pela situação atípica da cheia e o inverno rigoroso. Para ter conhecimento dos impactos dos fenômenos naturais na pecuária, o secretário municipal de produção iniciou agenda de visita às fazendas na tarde desta segunda-feira (03).

Tião Teixeira conheceu a Leiteria Macurany que já dispõe de SIM para comercializar produtos lácteos no mercado local. O pecuarista Isandrey Azêdo relatou os avanços conquistados pela Fazenda Macurany com o amparo da Sempa. “Tivemos todo o apoio técnico para nos adequarmos ao SIM desde a inspeção dos animais para começarmos a produzir os queijos e iogurtes dentro das exigências sanitárias. Com esse apoio da Prefeitura de Parintins, nós conseguimos ter qualidade nos produtos colocados nas prateleiras nos supermercados”, afirma.

O secretário garantiu que a Prefeitura de Parintins vai ampliar a atuação para atender às necessidades da pecuária leiteira nessa época atípica de escassez de pastagens e cheia prolongada. “Temos resultados como aqui na leitaria do Isandrey Azêdo, onde há crescimento e progresso. É muito importante a Sempa continuar dando esse suporte com a equipe técnica e as máquinas da patrulha agrícola para que os pecuaristas possam cada vez mais produzir. Assim, serão gerados mais empregos e renda ao município, assim como o abastecimento com queijos, leite e outros produtos”, enfatiza Tião Teixeira.

você pode gostar também