Semctur e Fametro abrem 60 vagas para Workshop da Lei Aldir Blanc referente ao inciso III

Foto: Divulgação.

Parintins (AM) – A Secretaria de Cultura e Turismo (Semctur), em parceria com a Fametro estará promovendo Workshop, no próximo sábado (10), na Fametro, situada na Av. Paraíba, Itaúna I. O evento será de forma gratuita e dividido em duas turmas, manhã e tarde, sendo de 09h às 12h, com a professora Irian Butel e de 15h às 18h, com a professora Suzan Monteverde.

Sessenta vagas serão ofertadas para o treinamento, 30 pela manhã e 30 a tarde. As inscrições iniciaram nesta quarta (07) e seguirão até sexta-feira (09), de 08h às 14h, no Centro de Atendimento ao Turista (Cat).

O momento é destinado a todos os artistas de Parintins que quiserem participar dos editais do inciso III. Serão disponibilizadas vagas para 21 projetos por categoria (5 categorias), com R$ 4 mil para 17 e R$ 8 mil para quatro projetos. Na ocasião serão repassadas as instruções para elaboração do projeto para comcorrer ao inciso III.

A secretária de Cultura e Turismo, Karla Viana afirma que assim como houve a solicitação junto a Secretaria de Cultura e Economia Criativa para os artistas em relação ao inciso I da Lei de emergencia Cultural, com o apoio para execução do cadastro no Liceu de Artes Cláudio Santoro, a Semctur em parceria com a Fametro irá disponibilizar um mini curso de elaboração de projetos.

“Na verdade é um curso de orientação, para mostrar como eles devem fazer os projetos e concorrer ao inciso III, que vamos lançar o edital de fomento posteriormente. Então é uma maneira da secretaria ajudar a incentivar esses artistas. Sabemos das dificuldades para elaboração dos porjetos, e assim como fizemos com o Estado, para auxiliar no inciso I, entramos nessa parceria com a Fametro para auxiliar no Inciso III”, pontuou Karla Viana.

Os editais correspondem à execução das ações previstas no inciso III da Lei Aldir Blanc, que determina ações emergenciais de apoio ao setor cultural por meio de editais, chamadas públicas, prêmios, aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural e outros instrumentos destinados à manutenção de agentes, de espaços, de iniciativas, de cursos, de produções, de desenvolvimento de atividades de economia criativa e de economia solidária, de produções audiovisuais, de manifestações culturais, bem como à realização de atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou disponibilizadas por meio de redes sociais e outras plataformas digitais.

você pode gostar também