Semed prepara caravana da Educação para 18 de março

O Secretário de Educação Luiz de Oliveira comemora resultados positivos do setor em Maués.

Da Redação | Maués 24 horas

[email protected]

Maués – Com o objetivo de levar todos os serviços da educação para as comunidades da zona rural de Maués (distante 268km em linha reta de Manaus). Será realizado no dia 18 de março na comunidade polo São Pedro do Castanhal, a Caravana da Educação instituída a partir da experiência da prefeitura itinerante idealizada pelo prefeito padre Carlos Góes (PT).

O município atende na zona rural um universo de 168 escolas, 600 professores e 9 mil alunos.  A programação pretende atingir 15 comunidades e envolver cerca de 350 pessoas com equipes multidisciplinares para discutir o tema educação, junto às escolas, professores, alunos e pais de alunos.

“Durante a caravana da educação você tem orientação de documentação escolar. Você tem orientação com relação a manipulação da merenda. Você tem orientação de cunho pedagógico dos nossos professores que trabalham com a educação infantil. Os nossos professores que atuam de primeiro ao quinto ano, sexto ao nono, você sabe que basicamente em todo o amazonas predominam as classes multisseriadas. Então nós temos uma metodologia própria e os nossos supervisores escolares atuam junto com as nossas comunidades ribeirinhas para fortalecer e assim consolidar a gestão”, explica o Secretário de Educação Luiz de Oliveira Gonçalves.

O trabalho implementado a partir de 2013 coleta resultados positivos. Os índices escolares revelam crescimento na qualidade da educação na Terra do Guaraná. “Desde 2013 nós temos o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) que evoluiu, ou seja, nossas crianças passaram realmente a serem alfabetizadas na idade certa através do Pnaic (Pacto Nacional pela Alfabetização da Idade Certa) nossas crianças aprenderam a ler, escrever, produzir texto e as operações básicas da matemática”, comemora Luiz de Oliveira.

Além desse trabalho o município disponibilizou para 9 mil crianças da zona rural em 168 escolas o kit escolar, o fardamento e o uniforme para o professor que atua nas comunidades ribeirinhas.

merenda

Merenda escolar 

A Secretaria Municipal de Educação de Maués considera inovador o trabalho de levar a merenda até as escolas da zona rural. De acordo com o Secretário Luiz de Oliveira até o ano de 2012 os professores deixavam as localidades e vinham à sede do município buscar os produtos que seriam servidos aos alunos. “Eles pagavam pelo transporte dessa merenda até suas comunidades”, lembra.

Ao assumir o município o prefeito Padre Carlos Góes firmou como compromisso de sua gestão deixar os produtos no porto das comunidades. “Então nós licitamos. Hoje nós temos barcos que deixam na área indígena no Maral, no Manjuru, regiões habitadas por mais de 2.500 alunos só da área indígena. Temos outras embarcações que deixam na região do Parauari e Urupadi”, informou o titular da Semed.

8752_462056660656213_1513516644087499679_n

Agricultura familiar 

O Secretário celebra ainda a valorização da agricultura familiar que serve a merenda escolar da rede municipal de ensino de Maués com produtos cultivados no município. Em 2014 foram investidos R$ 300 mil na produção local, em 2015 com recursos próprios, a prefeitura investiu R$ 500 mil. “Nos últimos anos foram cerca de 800 mil para incentivar e fomentar a agricultura e hoje o que é produzido aqui é servido para os estudantes da sede e da zona rural do município”, concluiu.

você pode gostar também