Senador Eduardo Braga condena ato do Governador ao reduzir a zero investimento do Festival de Parintins

O senador Eduardo Braga participou do programa Caldeirada na Rádio Alvorada FM em Parintins

Da Redação | Parintins 24 Horas

[email protected]

Parintins (AM) – O senador Eduardo Braga (PMDB) condenou a ação do governador José Melo (Pros) de reduzir a nada o investimento no Festival Folclórico de Parintins. Por telefone ele concedeu em entrevista à Márcia Baranda, na manhã desta quinta-feira, 26, na Rádio Alvorada FM.

Braga afirmou que ficou tão surpreso com a decisão quanto os parintinenses, pois o festival não é apenas uma festa, mas uma atividade econômica. “Alguns dizem que não é hora de fazer festa, mas no caso do Festival de Parintins não é uma festa, é uma atividade econômica. O festival de Parintins gera emprego e renda para o povo durante seis meses. Esse cidade vive em função do Festival de Parintins. Você cortar o apoio dessa forma drástica. É a mesma coisa do governo federal cortar todo e qualquer apoio da zona franca de Manaus seria um desastre na cidade de Manaus”, disse.

O senador lembrou que reduzir esses recursos significa desempregar entre duas mil e três mil famílias. Braga, que está licenciado por ter passado por uma cirurgia, ainda acredita que a decisão pode ser revista, e que o governador deve levar em consideração que a falta de estrutura pode afetar toda cadeia turística, cultural e econômica do município.

“Quando você tem uma atividade cultural com a envergadura de um festival você pode ate economizar, mas não pode acabar, pois simplesmente não vai dar a logística da segurança pública, a logística da saúde pública, da limpeza e de preparação da cidade para fazer com que a indústria cultural e do turismo possa acontecer. Então como o turista vai a Parintins se não tem as condições mínimas necessárias para a festa possa acontecer?” concluiu.

você pode gostar também