Sepror realiza curso de guias de pesca esportiva em Nhamundá

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), encerrou, no sábado (30/04), as atividades do curso de formação de guias de pesca esportiva para produtores rurais dos rios Nhamundá e Paratucu, situados no município de Nhamundá (a 383 quilômetros de Manaus). A iniciativa visa profissionalizar o segmento para gerar futuramente economia e renda, por meio do turismo nas localidades.

O curso foi desenvolvido ao longo de seis dias, ministrado pelo engenheiro de pesca da Secretaria Executiva Adjunta de Pesca e Aquicultura da Sepror, Flávio Rubens. Ao todo, participaram 25 produtores das comunidades Sete Ilhas, Apéua, Cuipiranga, Galileia e Português.

De acordo com dados da Sepror, os rios Nhamundá e Paratucu se tornaram destino frequente de pescadores de todo o Brasil, devido à presença do tucunaré vazzoleri, que é um peixe de grande porte, apresentando grande resistência ao ser capturado esportivamente.

Flávio Ruben afirma que a capacitação oferecida aos moradores os credencia como guias de pesca profissionais, gerando oportunidades de emprego e renda, além de dar dignidade à população local.

“A pesca esportiva é um importante segmento econômico no estado do Amazonas, e os praticantes desse esporte necessitam de pessoas capacitadas e experientes para guiá-los aos melhores lagos pesqueiros, o que torna os moradores dos Rios Nhamundá e Paratucu aptos para prestação desse serviço, aquecendo também o turismo na região”, comentou Flávio.

A atividade foi realizada em parceria com a prefeitura local, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Sedema). O titular da pasta, João Paulo Fonseca, fala que o curso dará estrutura, conhecimento e qualidade nos serviços que serão oferecidos pelos guias de pesca.

“Com essa parceria entre Governo do Amazonas e Prefeitura de Nhamundá, quem ganha é a população. Essa é a primeira fase do processo de ordenamento e zoneamento dos rios. Esse projeto tem o objetivo de gerar renda às populações ribeirinhas, agregado da conservação ambiental”, afirma o gestor municipal.

Continuação – A próxima atividade na região ficou agendada para o mês de junho, e terá como objetivo principal dar continuidade ao processo de Ordenamento Pesqueiro dos rios Nhamundá e Paratucu.

O curso de formação de guias de pesca esportiva é um curso profissionalizante gratuito realizado por técnicos da Sepror, em parceria com órgãos do estado e prefeituras municipais, com o objetivo de capacitar produtores rurais em municípios com potencial na pesca esportiva e incentivar o turismo nas regiões.

A capacitação abrange temas como legislação, aspectos biológicos do tucunaré (Cichla spp.), monitoramento e preenchimento do diário de bordo, utensílios e tipos de arremessos utilizados na pesca esportiva, segurança e posicionamento durante a navegação, além de boas práticas no manuseio do peixe capturado.

“O curso vai agregar mais conhecimento teórico e prático para nós, piloteiros, no sentido de melhorar a qualidade de nossos serviços prestados aos praticantes da pesca esportiva”, afirma o ribeirinho Adison Ribeiro Martins.

você pode gostar também
..