-Publi-A-

Sistema Alvorada de Comunicação mantém viva a memória de Altair Costa

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – O Sistema Alvorada de Comunicação, da Diocese de Parintins, fez uma homenagem neste sábado (5) ao cinegrafista da emissora Altair Samuel da Silva Costa que faleceu dia 28 de outubro, em Manaus, após ter complicações causadas pela Covid-19. “Dellacosta” como era conhecido, teve o nome posto no estúdio do veículo de comunicação onde trabalhou desde a década de 1990. Esteve presente no evento o bispo Dom Giuliano Frigenni, o diretor da emissora o padre Carlos Caridade, colegas de trabalho, amigos e familiares.

Foto: Alvorada.

Em discurso, Carlos Caridade destacou que depois da família, Dellacosta amava fazer o que fazia, filmar os fatos da cidade. “A homenagem que vamos fazer ao Altair é uma homenagem singela, simples, mas significativa para todos nós. É uma maneira de manter a viva a memória dele aqui nesta casa”, disse.

O bispo Dom Giuliano também se emocionou ao relatar sobre a entrega que o cinegrafista tinha pela profissão. “Agradeço a Deus por ter tido esse colaborador aqui conosco. Primeiro porque ele nunca menosprezou a experiência da gente que é uma experiência na fé católica. Isso dava pra ver nos olhos dele e na maneira dele trabalhar aqui”, destacou.

Dellacosta também teve passagem pela Rádio Clube de Parintins e TV A Crítica. O tio do jornalista Márcio Costa e do técnico de áudio Lúcio Costa, foi o primeiro profissional da imprensa na família. Além disso ele foi destaque como jogador de futebol na Ilha Tupinambarana.

Foto: Alvorada.
você pode gostar também