Subcomandante da PM-PIN assume autoria de jato d’agua em Live do Boi Caprichoso

Da Redação | 24 Horas

[email protected]

O Capitão da Polícia Militar do Amazonas, Ricardo Viana, é quem conduzia o Jet Ski que deu um banho de água na produção do programa da TV Caprichoso, gravado ao vivo no píer da Chácara Paraíso Yukatã, na beira do Lago Macurani, na manhã deste domingo (05). O oficial, que é subcomandante do 11° Batalhão da PM, não estava em serviço e confessou que tudo não passou de uma brincadeira de rotina com o dono da propriedade, o artista Edwan Oliveira.

Ricardo Viana informou o fato ao comandante do 11° Batalhão da PM, Tenente-Coronel Corrêa Júnior. “Eu soube dessa situação pelo Facebook e foi minha esposa quem me informou. Eu me encontro, em Manaus, fazendo uns exames e logo após o próprio Viana me ligou. Me disse que era uma brincadeira, porque sempre passa pelo píer do Edwan e costuma molhar as pessoas que lá se encontram e jamais pensou que teria uma live ali ou algum evento”, diz Corrêa Júnior.

O Capitão, condutor do Jet Ski, comunicou que entrou em contato com o presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, e a equipe da produção da live. “Ele assumiu toda a responsabilidade por tudo que aconteceu, inclusive os prejuízos. Mesmo assim, eu vou abrir uma sindicância para apurar, imparcialmente e com todo o rigor, o que aconteceu, de fato, ali. É um procedimento de praxe para todo policial militar”, revela o comandante da PM.

Conforme Correa Júnior, tudo que se envolve em ocorrência, independente de ser praça ou oficial, é realizada sindicância para apuração dos fatos e serem tomadas as medidas cabíveis. “Como ele já me antecipou e disse que foi ele quem causou os prejuízos, a gente tem uma noção do que vai fazer. Vai ser aberta uma sindicância para apurar se teve mais alguma outra situação que ocasionou algum problema maior”, explica.

O Comandante Geral da PM do Amazonas, Coronel Airton Norte, soube da ocorrência e determinou providências. “Será apurado com toda transparência possível e tudo aquilo que prevê a lei. O pessoal costuma fazer um link da situação dele como profissional como pessoa. Vamos chegar a uma situação se houve algum dano à mais. Realmente, ele disse que foi uma brincadeira que, infelizmente, deu essa problemática toda”, informa Corrêa Júnior.

você pode gostar também