-Publi-A-

Surpresa e emoção marcam a inauguração do letreiro “Eu amo Parintins”

Foto: Narbert Souza.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Surpresa e emoção marcaram a inauguração do letreiro “Eu amo Parintins” na noite deste sábado (08), véspera do Dia das Mães. A obra de arte localizada no porto da cidade, de frente para o rio Amazonas, foi produzida pelo Coletivo Ártrua, coordenada pelo professor e artista Miguel Carneiro. A inauguração foi feita por meio de show transmitido ao vivo pela página no Facebook do coletivo.

Foto: Danny Souza.

Na cerimônia, simbolicamente Miguel Carneiro foi “benzido” momentos antes de ser revelado ao público a escultura e o artista não conseguiu segurar as lágrimas pela realização de seu sonho. “Esse é um presente para nós, artistas, não só os que estão em Parintins, mas que estão pelo mundo todo manifestando a presença da arte. Esse é um presente não só para os artistas, mas também para todas as mães. Michelangelo colocou o nome dele e é lembrado até hoje. Eu sou Miguel Carneiro, aquele cara que fez, juntamente com outros artistas, o primeiro letreiro de Parintins”, disse.

Diferente dos demais letreiros de outros lugares, o de Parintins pode ser fotografado dos dois lados devidos ser construído com o modo “selfie”, ou seja, se a pessoa optar tirar uma selfie com o letreiro com o rio Amazonas no fundo, a frase “Eu amo Parintins” já sairá na forma correta.

Além do letreiro, o coletivo assina os projetos Monumento Artístico que teve como finalidade fazer um memorial de artes nos murais da cidade; o Mural Nossa Gente, uma homenagem a identidade de Parintins e seu pluralismo, e o projeto Estampas Artesanais que são fruto de oficinas com adolescentes, como forma de viabilizar renda a partir da confecção de camisetas pintadas, ambos projetos aprovados no Programa Cultura Criativa-2020/Lei Aldir Blanc – Prêmio Feliciano Lana.

Foto: Gilson Almeida.
Foto: Gilson Almeida.
Foto: Gilson Almeida.
você pode gostar também