Susam e FVS descartam transmissão comunitária de Covid-19, em Parintins 

Parintins (AM) – Parintins contabiliza três casos confirmados do novo coronavírus. Em atualização do Governo do Amazonas, a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) descartaram a existência de transmissão comunitária de Covid-19, no município.


O primeiro infectado de Parintins e do interior do Amazonas, Geraldo Sávio da Silva, 49 anos, natural de Oriximiná, Pará, ficou internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Pronto-Socorro e Hospital Delphina Aziz, em Manaus, mas não resistiu às complicações pulmonares, no dia 24 de março.

No mesmo dia, a esposa da vítima, de 35 anos, testou positivo para Covid-19, de Parintins, com notificação, em Manaus. A mulher encontra-se em isolamento domiciliar, em quarentena, com quadro de saúde estável, sem a apresentação de sintomas. A investigação apontou contágio entre o casal.

Com intervalo de uma semana, uma criança de um ano e quatro meses, da comunidade rural Vila Bentes, foi diagnosticada com coronavírus, no dia 30 de março. O Governo do Amazonas, Susam e FVS, em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), monitoraram a origem da infecção do bebê.

A diretora-presidente da FVS, Rosemary Pinto, esclareceu que não há transmissão comunitária, em Parintins. O Secretário Executivo Adjunto de Atenção Especializada a Saúde do Interior, Cássio Roberto do Espírito Santo, informou que a criança com Covid-19 passa bem e está isolada, no Hospital Jofre Cohen.

você pode gostar também