Suspeitos de atuarem como “piratas do rio” são presos após roubo de embarcação

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio do Departamento Integrado de Operações Aéreas (DIOA), em ação integrada com a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) e a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), prendeu, na tarde do último domingo (29/05), quatro homens, suspeitos de atuarem como “piratas do rio”. A ação ocorreu após o grupo roubar o carregamento de combustíveis que estava sendo transportado para o interior do estado.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur, a operação foi rápida e integrada para prender os infratores.

“Foi uma ação inédita que nunca aconteceu aqui no Estado do Amazonas, por volta das 14h30 a Polícia Militar recebeu a informação sobre um ataque contra uma embarcação. Foi uma operação integrada, paralelamente ao acionamento da nossa aeronave, também foi chamado o Batalhão Ambiental,Rocam e a Core que agiram muito rápido”, disse.

Segundo a polícia, um dos tripulantes conseguiu acionar a polícia, que logo chegou ao local. O coordenador do DIOA, delegado Rafael Montenegro, explicou que a embarcação seria utilizada pelos infratores para realizar a transferência e o transporte do combustível roubado. O grupo chegou a atirar contra a aeronave. Os policiais revidaram ao ataque.

“No primeiro momento nós fomos até uma comunidade de Itacoatiara, onde essa balsa estava atracada. Qquando estávamos retornando para Manaus, nos deparamos com essa embarcação e duas pequenas. Os infratores começaram a efetuar uma grande quantidade de disparos na aeronave, foi nesse momento que revidamos e recuamos para capital”, explicou.

O delegado explicou que a prisão aconteceu após a embarcação com os infratores passarem pelo porto Tomiasi, no bairro Colônia Oliveira Machado. “Quando retornamos, pousamos no porto, e entramos em contato com o secretário que disponibilizou um efetivo da CORE e da Rocam. Quando essa embarcação passou novamente em Manaus, conseguimos abordá-la e efetuamos a prisão de quatro pessoas e apreendemos essa embarcação”, disse.

O material apreendido e os infratores foram encaminhados para o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP).

você pode gostar também