Torcedores votam e escolhem 12 todas do CD “A Poética do Imaginário Caboclo”

A galera azul e branca escolheu, em audição realizada no Curral Zeca Xibelão, na noite deste sábado, 19, 12 toadas para o CD “A Poética do Imaginário Caboclo”.  Ao todo, 128 todas estavam submetidas para o processo geral de escolha. O resultado será conhecido nos próximos dias e anunciado pela diretoria da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso.

Cada pessoa recebeu um formulário de votação com o nome da toada, sem a identificação do autor da obra, para avaliação com as notas de 5 a 10. A escolha iniciou em Manaus, durante dois dias de audição, coordenados pelo sócio e coordenador do Conselho Musical, Mauro Antony. Da primeira triagem, 35 toadas foram selecionadas para a audição final.

Já em Parintins, além dos torcedores que compareceram para a escolha, foram convidados para atuarem como jurados os sócios Ana Cláudia Vieira, Aderaldo Reis, Julvan Medeiros, David Assayag, Socorro Lopes, Elder Góes, Edmundo Oran, Waldir Santana, Marionilson Oliveira, Junior de Souza, Rony Belchior, Nataly Costa, Marcos Falcão, Augusto Savedra, Heliandro Tavares, Neto Malta, Victorhugo Moraes, Givanildo Santos, Flávio Lima, Socorrinha Carvalho, Márcio do Boi, Odenilson, da Banda Canto Parintins, Cássio Gonçalves, Mauro Antony, Netto Simões, Ericky Nakanome, e o vice-presidente Jender Lobato.

fff

O presidente do Boi Caprichoso, Babá Tupinambá, ressaltou a transparência do processo de escolha e disse que prevaleceu a vontade dos sócios. “Essa escolha foi feita pensando no Boi Caprichoso. As toadas selecionadas foram as que caíram no gosto da galera. Foi um trabalho criterioso, pois as composições inscritas eram de alto nível. Com a escolha finalizada, o sentimento que fica é de agradecimento a todos os compositores que acreditaram no nosso trabalho e tenho certeza que a galera irá aprovar o Cd da Galera”, assegura o presidente.

presidente
Presidente Babá Tupinambá

Para o sócio João Gama, o Buião, é prazeroso fazer parte mais uma vez do processo democrático. “Me sinto valorizado, como torcedor, em ter essa oportunidade de escolher as toadas do meu boi. Sou marujeiro, sou sócio, e posso dizer que a escolha merece nota 10”, avaliou.

Todas as toadas postas para a audição são as consideradas genéricas, dentre elas de galera e itens. Demais toadas estratégicas ainda são avaliadas pelo Conselho de Artes e Musical e Conselho de Artes e posteriormente divulgadas.

Fotos: Pitter Freitas

você pode gostar também