-Publi-A-

Tragédia em família: Irmãos saem para brincar na beira do lago e morrem afogados na zona rural de Parintins

As crianças de 2, 4 e 7 anos morreram na tarde desta segunda-feira, 27.

Carlos Alexandre

Parintins (AM) – O distrito do Mocambo do Arari, zona rural de Parintins, está de luto com a morte de três crianças por afogamento. Rian Anjos, 2, Kauã Wesley Anjos, 7, e Khemilly Anjos, 4, morreram afogados, na tarde desta segunda-feira, 27, por volta das 17h, no polo da zona rural de Parintins, (a 325 quilômetros de Manaus). Os três irmãos saíram para brincar na margem do lago, acompanhados de dois primos.

De acordo com o relato de comunitários, o pequeno Rian escorregou e caiu na água, os outros dois irmãos pularam para tentar ajudá-lo, sem sucesso. Os dois primos, ao perceberem o que estava acontecendo, saíram em busca de socorro. Mas, ao retornar com apoio, já era tarde.

A mãe das crianças conversou por telefone com a reportagem. Giovanna de Oliveira dos Anjos contou que deixou os filhos com os irmãos, enquanto trabalhava. “Ninguém sabe explicar como isso aconteceu, por que eles nunca tinham ido para a beira. Meus irmãos souberam quando as duas crianças que não caíram na água correram para avisar”, relata.

O fato logo tomou conta das redes sociais na noite desta segunda-feira, quando moradores do Mocambo do Arari publicaram informações sobre a tragédia. “Três anjos que subiram para ficar ao lado do pai”, escreveu Diego Brelaz. “Quando uma mãe perde um filho, todas as mães do mundo perdem um pouco também. Força Mocambenses”, publicou Mayara Lima.

Até o fechamento desta matéria o caso não havia sido registrado no Corpo de Bombeiros. De acordo com as informações da família das vítimas, o fato não foi registrado, porque os corpos das crianças foram logo encontrados e estão sendo velados na localidade.

As crianças moravam com a família no bairro Nossa Senhora de Lourdes, no Mocambo, e há apenas dois meses residiam no distrito. “Nós morávamos em Parintins e há dois meses estamos morando aqui com minha mãe. Vim trabalhar. Meu trabalho é fazer panela de barro”, explica a mãe emocionada.

você pode gostar também