-Publi-A-

Trânsito de Mercúrio

Fig01: Trânsito de Mercúrio de 08/11/2006 C.I.: NASA

A passagem  do planeta Mercúrio  entre o  Sol e a Terra ou, simplesmente, trânsito de  Mercúrio é um lindo e  raro fenómeno. Normalmente o primeiro e menor planeta do Sistema Solar  passa  em entre o Sol e a Terra  nos meses de maio e novembro.  Como o período orbital de Mercúro  é muito  curto – apenas 87 dias e 23 horas,  então,  ele consegue repetir  sua travessia  13 ou 14 vezes a cada século.

Johannes Kepler, Astrónomo alemão considerado um dos expoentes da Astronomia do Século XVII, foi o primeiro a prever a passagem do deus Mercúrio entre o Sol e a Terra. [Isso na Astronomia tradicional, ok?]

Fig02:Johannes Kepler.
Fig02: Johannes Kepler.

A primeira observação do trânsito de Mercúrio que se tem registo foi realizada pelo astrónomo francês Pierre Gassendi. Em 07 de novembro de 1631. O fenómeno teve início às 5h37min e término às 11h03min,  com uma duração de 5h26min. Detalhe, naquele dia, o Sol em França somente apareceu em condições favoráveis de observação às 08h46min. Neste contexto, Gassendi teve 2h17min para  fazer suas observações. E se deu por satisfeito, afinal, se ele estivesse na bela ilha Tupinambarana, ele não teria visto o trânsito de Mercúrio. O motivo é bem simples: naquele horário de França, era noite cá em Parintins. Por aqui o trânsito de Mercúrio ocorreu na noite do dia 07 de novembro de 1631, e neste caso, os parintinenses não puderam       acompanhá-lo, seu  início foi às 00h37min e término às  06h03min.

O primeiro trânsito de Mercúrio  visível para Parintins, ocorreu em 03 de maio de 1615. Naquela data o fenómeno iniciou às 02h44min e terminou às  09h38min (horário local).

Quatro séculos depois, os parintinenses estão diante de mais um trânsito de Mercúrio. E desta vez o Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia (NEPA/UEA/CNPq) irá mostrar o fenómeno com instrumento especializado.

O próximo trânsito de Mercúrio será dia 11 de novembro de 2019, e ocorrerá das 08h35min até 14h03min. Também será visível cá na ilha de Parintins.

Para amanhã, o NEPA/UEA/CNPq passou por uma preparação, inclusive calibração do telescópio. Todas as medidas foram tomadas para que os parintinenses possam observar com segurança o Astro-rei. Sempre é bom lembrar: NUNCA OLHEM DIRECTAMENTE PARA O SOL!  Pois, você pode ficar com sérios danos à sua visão. Para aqueles que insistem em acompanhar o trânsito de Mercúrio com o auxílio de um filme de radiografia, o NEPA/UEA/CNPq orienta: NUNCA OLHE PARA O SOL ATRAVÉS DE FILME RADIOGRÁFICO!

O telescópio foi testado e, neste domingo, dia 08 de maio de 2016,        o Dr. Nélio Sasaki – líder do NEPA/UEA/CNPq e membro da PLOAD/Brasil – fez o primeiro registo do Sol, visto daqui de Parintins/AM.

Fig03: Primeiro registo do Sol, Parintins/AM.
Fig03: Primeiro registo do Sol, Parintins/AM.

 

Fig04: Cromosfera Solar.
Fig04: Cromosfera Solar.

 

Fig05: Testes do telescópio.
Fig05: Testes do telescópio.

Na figura 03 é mostrada a primeira imagem do Sol tirada aqui de Parintins/AM. Para conseguir o registo daquela imagem, o NEPA/UEA/CNPq usou um instrumento que “apaga” a fotosfera solar. E assim, pode explorar somente a cromosfera do Sol, região na qual a temperatura chega aos 20 mil graus Celsius.

Também o NEPA/UEA/CNPq iniciou os estudos em “Astrofísica e Astronomia Solar”. Segundo o Dr. Nélio Sasaki: “Esta é uma acção integrada que o NEPA/UEA/CNPq está a fazer com outros países da Europa e América”.

Fique atento ao horário do trânsito de Mercúrio: início será às 07h15min (horário local) e finalizará às 14h40min. O NEPA/UEA/CNPq estará com o telescópio montado no Centro Educacional Ilha do Saber, pela manhã, e à tarde no Centro de Estudos Superiores de Parintins. Detalhe, quem observar o Sol connosco poderá tirar uma foto do Sol e levar consigo como lembrança deste lindo fenómeno.

Fig06: Mercúrio a passar em frente ao Sol.
Fig06: Mercúrio a passar em frente ao Sol.

Dr. Nélio Sasaki – Doutor em Astrofísica, Líder do NEPA, Membro da AIU, Membro da ST/Brasil, Membro do PLOAD/Brasil, Membro da SAB, Membro da ABP, Membro da SBPC, Membro da SBF, Revisor da Revista Areté, Revisor da Revista Eletrônica IODA, Revisor ad hoc do PCE/FAPEAM, Coordenador do Planetário Digital de Parintins, Coordenador do Planetário Digital de Manaus, Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

 

você pode gostar também