Tuxaua do povo Sateré-Mawé morre por complicações causadas pela Covid-19, em Parintins

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – O tuxaua-geral do povo Sateré-Mawé, Amado Menezes Filho, de 64 anos, morreu na tarde desta quinta-feira, 15, no Hospital Jofre Cohen, em Parintins, por complicações causadas pela Covid-19. Ele estava internado em estado grave na unidade, referência no tratamento da doença na Ilha Tupinambarana, desde o dia 23 setembro e por seu quadro ter se agravado ainda mais nas últimas semanas não foi possível fazer a sua transferência para Manaus.

Amado apresentou insuficiência renal e chegou a ser entubado. Apesar de todo o esforço da equipe médica, ele não resistiu e veio a óbito nesta quinta-feira.

A maior liderança da tribo Sateré-Mawé morava no Distrito de Ponta Alegre, localizado no Rio Andirá, em Barreirinha.

NOTA FÚNEBRE

O Capitão Geral da Tribo Sateré-Mawé, Aldamir Sateré, vem Comunicar que faleceu nesta tarde no Hospital Jofre Cohen, em Parintins, o Líder TUXAUA GERAL AMADO MENEZES FILHO, Natural de Ponta Alegre.

Quero em nome da minha família e dos meus familiares transmitirei nossas condolências a família do Tuxaua Amado Menezes.

você pode gostar também