UBS Fluvial de Barreirinha chega a 2,8 mil atendimentos no Andirá, Limão e Paraná do Ramos 

Barreirinha (AM) – A população de 17 comunidades e distritos, no Paraná do Ramos, recebe a Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) de Barreirinha, com 16 profissionais, de 11 até 25 de março. No cronograma pelo Paraná do Limão, os atendimentos de clínico geral, de enfermagem, odontológicos, laboratorias e de assistência social 2,8 mil pacientes.

A Prefeitura de Barreirinha determinou a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) a viagem da embarcação para cobertura nessas áreas. De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Péricles Tavares, essa é uma política de saúde prioritária. “Essa é uma das nossas propostas, levar saúde, para as pessoas necessitadas, distantes da sede do município” , frisa.

Desde 2017, a UBSF conduz profissionais para a zona rural, onde não há atuação das equipes do Programa Saúde da Família (PSF). “As famílias, às vezes, não têm condições de chegar na sede do município. Vemos o sorriso dessas pessoas, quando a unidade chega nas comunidades e distritos”, declara a coordenadora da UBSF, Damisa Anselmo.

A moradora da comunidade do Desterro, Sinara Oliveira, enfatizou a facilidade que a unidade de saúde pode proporcionar na zona rural de Barreirinha. “Para nós, é um prazer receber a unidade aqui em nossa comunidade. Fica muito distante a cidade, para a gente ir se consultar. Com a vinda da UBSF, facilitou muito para nós”, diz.

Na primeira viagem realizada pela UBSF para o Paraná do Ramos de Baixo e Baixo Andirá, foram feitos 2.835 mil atendimentos, em 20 localidades. Segundo o secretário de saúde, a Semsa já trabalha na organização da terceira viagem para o Rio Andirá de cima, com abrangência da área indígena do povo Sateré-Mawé.

você pode gostar também