-Publi-A-

UGPE e ADCEA alinham parceria para capacitar mulheres moradoras dos residenciais do Prosamim

Foto: Tiago Corrêa / UGPE COM FOTO DE ARQUIVO FEITA ANTES DA PANDEMIA.

Para fomentar a geração de renda e a capacitação de mulheres que residem nos conjuntos habitacionais do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), o Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), recebeu, nesta semana, a Associação das Donas de Casa do Estado do Amazonas (ADCEA) para conhecer o Projeto Potência Feminina, realizado em parceria com o Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME).

O projeto visa capacitar mulheres a partir de 16 anos, com oficinas de empreendedorismo, empregabilidade e tecnologias sociais; e foca na capacitação da parte comportamental e gerencial para mulheres que buscam empregos ou que querem ser donas do próprio negócio.

Durante a reunião com o setor social da UGPE, a ADCEA pôde apresentar o projeto e viabilizar o alinhamento de uma agenda, para que seja executado com as mulheres que residem nas unidades habitacionais do Prosamim.

Segundo Mariza Souza Sales da ADCEA, o trabalho do setor social da UGPE, com as mulheres nos residenciais do Prosamim, é visto como um exemplo que se molda nos mesmos objetivos do Projeto Potência Feminina.

“Apresentamos o projeto à UGPE, porque acreditamos que esse trabalho pode impactar a vida das mulheres que estão sendo assistidas por vocês, enquanto instituição. E, em tempos de pandemia, é uma oportunidade também dessas oficinas estarem sendo desenvolvidas de forma on-line”, conta Sales.

Por ser um projeto diferenciado, as oficinas são oferecidas de forma gratuita e on-line, e além de participarem das capacitações, as mulheres podem participar da aceleração da Capital Semente em Negócios, onde são oferecidas mentorias específicas, orientações para desenvolver o próprio negócio ou potencializar o negócio existente, com valor de R$10 mil para investimento.

Social do Prosamim – O social do Prosamim oferece oficinas, capacitações e palestras para as mulheres residentes nos conjuntos habitacionais, além de realizar eventos e ações voltadas para compra de insumos para que as artesãs continuem executando o trabalho artesanal.

O “Prosamim Sustentável, cuidando sua casa” também é fruto das ações do social do Prosamim, um projeto socioambiental que ofertou oficinas para que as mulheres criassem todo mobiliário e objetos de decoração de uma residência utilizando matérias com vidros, papelão, paletes e pneus.

A subcoordenadora do social da UGPE, Viviane Dutra, ressaltou que as atividades de capacitação, bem como o incentivo ao empreendedorismo, voltada às mulheres já é um dos pilares do social do Prosamim.

“As ações do Programa propiciam a capacitação e as parcerias dão oportunidade de fomento e aceleração de atividades empreendedoras, capazes de gerar trabalho e renda. A parceria com a ADCEA mobiliza não somente para o trabalho com as artesãs, mas fortalece a organização comunitária e a gestão participativa na fase conclusiva da intervenção do Prosamim nos residenciais entregues”, afirmou a subcoordenadora.

você pode gostar também