União Astronómica Internacional (UAI) convoca o Brasil a nomear uma estrela e um planeta

Pagina do Concurso NomeieExoMundos

   Em  comemoração ao Centenário   da União Astronómica Internacional (IAU) foi lançada a página  do projecto  “NomeieExoMundos”.

   Fundada em  1919,  a União Astronómica Internacional (IAU) a autoridade máxima da Astronomia  mundial teve  a iniciativa  de  convidar  aos países  membros da  IAU  a participarem  do processo de nomeação de uma estrela, e de seu respectivo planeta. O Brasil, um dos   países-membros, ficou  encarregado de nomear a  estrela HD 23079  e  seu planeta.

 A página lançada  pela  IAU  pode  ser  acessada através do link:  https://nocbrasil2018.wixsite.com/nomeieexomundos, por favor  acesse  e  participe.  A arte  e design desta página leva a assinatura  de membros da Sociedade Astronómica Brasileira (SAB). Aliás, o Dr. Hélio J. Rocha-Pinto   é o Coordenador  do  NomeieExoMundos cá no Brasil.   As regras  do certame estão descritas também no link acima.  As propostas  e/ou sugestões de nomes  serão coletadas até  31 de agosto de 2019.

    O Núcleo de Ensino e Pesquisa em Astronomia (NEPA)  tem  em seu DNA  a  participação das mulheres na Ciência, em particular, na Astronomia. Actualmente,  o NEPA é composto por  16 pesquisadoras, todas bolsistas. Acreditamos   no potencial de nossas mulheres e  por isso,   encorajamos  as  mulheres  das  regiões  do Norte  e Nordeste a participarem  do NomeieExoMundos.   É um momento  importante para a Ciência  brasileira,  para a Astronomia  mundial  e gostaríamos muito  de poder contar com a maciça participação   de todas as alunas, professoras, gestoras,  e todas as mulheres  que amam Astronomia.  Acesse o link, caso haja alguma dúvida,  faça-nos  chegar vossos questionamentos, pois, a equipa NEPA  irá  vos auxiliar.

Mais informações sobre  o Concurso

A escolha dos nomes será realizada segundo as seguintes etapas:

  1. A comissão organizadora receberá sugestões de pares de nomes  para o sistema formado por estrela-planeta entre 6 de junho e 31 de agosto. Apenas nomes que sigam as regras abaixo especificadas serão considerados aptos para a etapa seguinte.

  2. A comissão fará uma escolha prévia entre todos os pares de nomes sugeridos, de modo a selecionar até quinze pares considerados de maior representatividade. Nessa etapa, a comissão pode vir a fundir propostas similares, alterar a ortografia para deixá-la de acordo com as regras ou mudar a ordem dos nomes estrela-planeta caso considere que isso dará mais força à proposta.

  3. A escolha desses pares será feita por votação interna entre os membros da comissão organizadora.

  4. Os pares selecionados serão anunciados nesta página e nas redes sociais, com um chamamento ao público para que votem nos pares que considerarem mais adequados.

  5. Uma lista final de três pares de nomes, ranqueados por votação, será apresentada à União Astronômica Internacional em dezembro.

REGRAS QUE OS NOMES DEVEM SEGUIR

Os pares de nomes propostos para o sistema estrela-planeta deverão ser apresentados em temas gerais e um tema específico, em formulário próprio.

Podem propor pares de nomes: escolas, clubes de astronomia ou indivíduos, sejam astrônomos ou não. Toda proposta precisa ser identificada no formulário, para que o crédito devido seja reconhecido. Cada proponente pode submeter mais de uma proposta, mas apenas um par de nomes é admitido por formulário; se necessário, submeta outra proposta em novo formulário.

Os temas gerais foram escolhidos pela comissão organizadora, com vistas a respeitar a determinação da União Astronômica Internacional de que cada país-membro escolha nomes de coisas, pessoas ou lugares de significado cultural, histórico ou geográfico de longa data, dignos de serem memorizados pela nomeação de um objeto celeste. Os temas gerais permitidos neste concurso são os seguintes:

  1. nomes, mitos ou conceitos ligados à cultura indígena no território brasileiro

  2. nomes, mitos ou conceitos ligados à cultura afrobrasileira

  3. nomes, mitos ou conceitos associados à literatura brasileira

Cada proposta deve conter dois nomes: um para o exoplaneta e um para a estrela que esse orbita.

Formulários que contenham apenas um nome podem ser excluídos (ou fundidos a outras propostas pela Comissão de Seleção, se esta julgar adequado).

Os dois nomes devem seguir um tema específico de nomenclatura comum, que respeite os temas gerais acima listados. O tema de nomenclatura que descreve como os nomes são relacionados de alguma maneira lógica deve ser resumido em uma frase ou duas e ser amplo o suficiente para que nomes adicionais possam ser posteriormente escolhidos para nomear objetos adicionais no sistema exoplanetário no futuro (por exemplo, planetas adicionais que possam ser descobertos ou companheiros estelares adicionais).

Exemplo de tema específico: nomes de entidades da mitologia indígena; nomes de locais mágicos apresentados em obras da literatura brasileira; etc.

Os nomes propostos devem:

  • Ter entre 4 e 16 caracteres de comprimento em alfabetos latinos (incluindo espaços ou pontuação)

  • Ser, de preferência, uma palavra única.

  • Ser pronunciável  (em algum idioma)

  • Não ser ofensivo

  • Não ser idêntico ou muito semelhante a um nome já existente de um objeto astronômico.

Para dirimir dúvidas acerca deste último requisito, os nomes já atribuídos a objetos astronômicos podem ser consultados nas páginas seguintes:

 Além disso, não é permitido propor:

  • Nomes de natureza puramente ou principalmente comercial.

  • Nomes de indivíduos, lugares ou eventos principalmente conhecidos por atividades políticas, militares ou religiosas.

  • Nomes de indivíduos que morreram há menos de um século (após 1919).

  • Nomes de pessoas vivas.

  • Nomes de organizações ligadas aos membros da comissão organizadora deste concurso

  • Nomes de animais de estimação.

  • Nomes artificiais (isto é, novos, inventados).

  • Acrônimos.

  • Nomes que incluem números ou sinais de pontuação (mas acentos/diacríticos são aceitáveis)

Somente nomes que não são protegidos por marcas registradas ou outras formas de reivindicações de propriedade intelectual podem ser propostos.

Todos os nomes das propostas devem vir acompanhados de uma citação de não mais de 100 palavras, que demonstre seu uso em obra literária ou de referência.

Entende-se que os nomes públicos selecionados, não substituirão as designações alfanuméricas científicas, mas serão reconhecidos pela UAI como o nome público apropriado para o(s) objeto(s) e serão publicados como tal, juntamente com o devido crédito ao(s) proponente(s). Este nome público pode então ser usado internacionalmente junto com, ou em vez de, a designação científica, permanentemente e sem restrições.

CRONOGRAMA DO CONCURSO

ATENTE PARA AS DATAS. A SUBMISSÃO DE PROPOSTAS NÃO SERÁ ACEITA APÓS O TÉRMINO DA PRIMEIRA ETAPA.

10 de abril: Início do Concurso IAU100 NameExoWorlds no Brasil.
31 de maio: Lançamento do site oficial.
6 de junho a 31 de agosto: as propostas serão coletadas por formulário on-line.
15 de setembro: O Comitê Nacional Brasileiro divulgará uma lista de propostas para votação pública.
16 de setembro a 4 de novembro: votação pública na lista final.
6 de novembro: O Comitê Nacional Brasileiro anunciará o resultado da votação pública.
15 de novembro: Prazo final para o Comitê Nacional Brasileiro enviar uma lista do par de nomes selecionados e dois back-ups para o Comitê Diretor da IAU.

Se você seguiu  todas as instruções até aqui, certamente você irá se deparar com o formulário abaixo:

Formulário NomieExoMundos

 

   Preencha o formulário acima, envie  e boa sorte! Quem sabe  o nome que você escolheu seja contemplado, não é mesmo? Está  na dúvida de como se preenche  o formulário acima, por favor, escreva para  o NEPA pelo facebook: Nepa Uea Cnpq  ou para  o nosso e-mail institucional: [email protected]

    Todos  estão  convidados,  entretanto,  o NEPA  encoraja a participação  sobretudo das mulheres das regiões Norte e Nordeste do Brasil, haja vista  que   estas duas regiões  brasileiras  não possuem um histórico de participação contínua e próxima à Astronomia. A você  professora,  escreva-nos, o NEPA tem uma equipa formada actualmente por 16 jovens-pesquisadoras  que  poderão lhe auxiliar  a  sanar vossas dúvidas.  Um convite especial é feito para as  cidades que  compõem a microrregião de Parintins, a saber (por ordem alfabética): Barreirinha, Boa Vista do Ramos,  Maués, Nhamundá, Parintins, São Sebastião do Uatumã e Urucará; a todos vocês, participem! Caso tenham alguma dúvida,  o NEPA está  aqui para  auxiliá-los.

você pode gostar também